RADIO WEB JUAZEIRO : A OPINIÃO DE LAURENÇO AGUIAR
terça-feira, 28 de agosto de 2018

A OPINIÃO DE LAURENÇO AGUIAR

A NOVA FORMA DE GOVERNAR, FOCADA NO SOCIAL, CONTRARIA AO SEU ARCAICO E ATRASADO MODELO DE ORGANIZAÇÃO POLÍTICA, ECONÔMICA E SOCIAL!





O “Modelo Político Social”, oriundo dos períodos ditatorial, conservador, repressivo, vive atualmente um colapso. Para o contentamento de quem sempre se incomodou com a promoção dos problemas sociais e a dificuldade de se exercer a condição de cidadania por aqui. Importante observar que a formação da nossa sociedade se iniciou com os índios/caboclos antes da chegada de Pedro Alvares Cabral ao Brasil em 1500. Portugueses e escravos vieram para cá, já em meado do Século XVI, quando vivíamos a essência do primitivismo – modelo de organização social rudimentar. Daí por d iante surgiu o Colonialismo, o Feudalismo, o Coronelismo, dentro da lógica da ideologia Capitalista, em condição bem periférica, que quando o “Regime Democrático” começou a surgir, encontrou enorme dificuldade para começar “engatinhar” e ter tímida evolução.

A atual Administração Municipal, dá nesse momento, uma outra expressão gerencial ao governo local: põe em funcionamento os serviços públicos básicos; melhora a garantia dos direitos sociais; valoriza o interesse público; estimulando o exercício da cidadania e a autoestima!... Isso tem, com toda certeza, relação com a luta social histórica das pessoas que sempre combateu as mazelas do referido sistema e às respectivas consequências impostas ao conjunto da sociedade. Tais efeitos danosos, que sempre atingiu, mais fortemente, aos mais desprotegidos, social e financeiramente!

Na inovada gestão se faz presente: o controle e equilíbrio financeiro; a organização interna; a sensibilidade e responsabilidade social; a visão de desenvolvimento e futuro; o compromisso e a seriedade; a orientação jurídica e técnica adequada; as parcerias institucionais. Tudo convergindo para à geração de bons resultados práticos, ganhando destaque regional e reconhecimento de uma expressiva parte da população.

Os casos antissociais do município nos últimos tempos, não têm evitado o clima de tranquilidade de um ambiente coletivo mais ordeiro, num momento de visível melhora!... Um ditado popular, não tão novo assim, diz o seguinte: “A candeia de diante, alumia os de detrás”. Ou seja: o teor de uma Administração Municipal cumpre intenso papel pedagógico; dando exemplo; fazendo ensinamento; influenciando na vida do seu povo!

Pessoas adversárias políticas têm elogiado a Gestão Municipal. Lideranças emblemáticas vindas do grupo político oposicionista daqui, aderiram ao grupo político da prefeita, inclusive declarando compromisso com o “Projeto Político” do grupo da situação local, disparando galanteios. A nossa condição urbana continua precária, os problemas sociais ainda existem, o sistema vicioso não morreu, porém, a evolução no jeito de conduzir a Prefeitura, vive uma melhora clara.

O conteúdo da gestão municipal vigente tem caráter, tanto quanto, socialista, condizente com a presença de partidos progressista da sua base de sustentação política e com as legítimas lutas associativas, sindicais e cooperativistas. Essa conjectura contribui para valorizar a figura política do comando e da respectiva equipe de governo.

Mesmo a nossa sociedade sendo culturalmente preconceituosa, como se sabe, a gestora daqui é uma mulher qualificada, a prefeita Ana Luiza Rodrigues da Silva Passos, como se fosse “uma marretada na nuca do machismo”, forte marca negativa da nossa expressiva história!... Nessa reflexão, não poderia deixar de citar o extraordinário e saudoso filosofo Socialista alemão Karl Marx quando previu, afirmativamente, que: “Nenhum lugar surge para se acabar, ou continuar do mesmo jeito, a mudança para melhor acontece, queiram ou não queiram, por consciência política, pela dor do sofrimento com a problemática social, ou pelas duas coisas juntas”. É s im, o caso de Sento-Sé!



Sento-Sé, 26 de agosto de 2018.

Laurenço Aguiar – Presidente do PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.