RADIO WEB JUAZEIRO : JORNAL NACIONAL ERROU, SEGUNDO CIRO GOMES
terça-feira, 28 de agosto de 2018

JORNAL NACIONAL ERROU, SEGUNDO CIRO GOMES

Ciro Gomes diz que Jornal Nacional errou ao informar que Carlos Lupi é réu


Segundo Ciro, Willian Bonner, teria sido “orientado pelo estagiário”

Foto: Reprodução / Tv Globo

Folha Press

O candidato a presidência pelo PDT, Ciro Gomes, contestou na manhã desta terça-feira (28) a informação de que o presidente nacional de seu partido, Carlos Lupi, seja réu em processo por improbidade administrativa. A fala de Ciro foi em resposta a informação veiculada durante entrevista concedida na noite de segunda-feira (27) no Jornal Nacional, da TV Globo.

Segundo Ciro, Willian Bonner, âncora do telejornal, teria sido “orientado pelo estagiário” sobre a situação de Lupi.

O presidenciável disse que Lupi responde a processo na esfera cível e não penal. Não caberia, portanto, segundo seu entendimento, a utilização da palavra réu para quem tem processo de esfera cível contra si acatado pela justiça. O termo técnico seria “requerido”, disse Ciro, que se apresenta como advogado constitucionalista e professor de direito.

De acordo com a assessoria do PDT, o processo criminal sobre o mesmo caso foi arquivado por falta de provas. A campanha tem sustentado que considerar Lupi réu ou não é uma questão técnica sobre a nomenclatura de pessoas que têm ações em esfera cível acolhidas pela Justiça.

“Infelizmente o [âncora William] Bonner foi desorientado pelo estagiário. O Lupi não é réu em absolutamente nenhum procedimento como eu falei. Improbidade é civil, não tem nada a ver com crime. O estagiário errou, para não dizer que o Jornal Nacional errou, porque o Jornal Nacional é a expressão do onipotente e não erra”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.