RADIO WEB JUAZEIRO : VÍDEO - ÍNDIOS ISOLADOS DO MUNDO
quarta-feira, 22 de agosto de 2018

VÍDEO - ÍNDIOS ISOLADOS DO MUNDO

Funai divulga imagens de índios isolados no AM, próximo à fronteira com Peru

Registros foram feitos de drone no Vale do Javari.

Por G1 AM

A Fundação Nacional do Índio (Funai) divulgou imagens de índios isolados na região do Vale do Javari, no Amazonas, fronteira entre o Brasil e o Peru. Os registros feitos de drone foram divulgadas na terça-feira (21).
 

De acordo com o órgão, a região é de difícil acesso. A equipe percorreu mais de 180 km pelos rios da região, além de caminhonetes por estradas de terra, motos em trilhas fechadas e outros 120 km a pé dentro de mata fechada.

Maloca registrada por meio de um drone (Foto: Divulgação/FUNAI )

A Funai informou que não foi possível identificar a etnia dos indígenas, já que não houve contato direto com o grupo. Por meio dos registros, foi certificado que há evidências de índios isolados na região.

As imagens foram realizadas em 2017 durante uma das expedições do projeto "Monitoramento da Presença de Índios Isolados no Rio Juruazinho". A última visita na área ocorreu entre os dias 16 de julho e 1º de agosto. Conforme a Funai, o objetivo foi cumprir trabalho de proteção de índios isolados.

A área onde as imagens foram feitas corresponde ao limite sul da Terra Indígena (TI) Vale do Javari e norte da Terra Indígena Mawetek, que é o segundo maior do país e está situado no sudoeste do Amazonas.

O território é ocupado por seis povos contatados:

Matsés;
Matis;
Marubo;
Kanamari;
Kulina-Pano;
Korubo e Tsohom Djapa.

Segundo a Fundação, há cerca de 16 registros em estudo de índios isolados (sendo 11 confirmados). A região possui a maior quantidade de registros confirmados de grupos de índios isolados do país.

Ainda conforme a Funai, foram encontradas provas, além do registro da presença de caçadores em diversos igarapés afluentes do Rio Juruazinho.

"Duas equipes de caça que se encontravam próximas aos limites da TI Vale do Javari foram flagradas com ilícitos ambientais, sendo realizada a apreensão e soltura de animais vivos", informou.

Machado desgastado amarrado com fibra vegetal (Foto: Divulgação/FUNAI )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.