RADIO WEB JUAZEIRO : GOVERNADO BAIANO SE QUEIXA DE FAKE NEWS

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

GOVERNADO BAIANO SE QUEIXA DE FAKE NEWS

Rui diz que fake news sobre a privatização do Planserv é instrumento dos que têm por prática a velha política

0 Por: Gilberto Júnior/Arquivo/BNews Por: Fernanda Chagas


O governador Rui Costa (PT), em entrevista à Rádio Excelsior, na manhã desta segunda-feira (3), afirmou que a propagação “infundada”, a fake news sobre a privatização do Planserv, é instrumento dos que têm por prática a velha política. 

“Ações como estas, infelizmente, fazem parte da velha política daqueles que não possuem propostas e se resumem a difundir mentira”, disse o gestor, que busca a reeleição.

Rui, entretanto, afirmou que buscará medidas judiciais, de forma a descobrir "quem está plantando essas notícias falsas". 

Ainda sobre o setor de saúde, tido como ponto de críticas dos adversários, Rui garantiu que em pouco tempo a Bahia será classificada como a de melhor estrutura de saúde pública. 

Dentre as ações para se alcançar esse objetivo, ele cita que esta semana será colocada em prática uma nova estrutura de regulação. 

“Aliado a isso, está em nosso programa de governo ampliar a descentralização e regionalização da saúde, bem como ampliar a atenção básica. Para isso, vamos construir diversos postos, a exemplo do que vem ocorrendo em Salvador que vamos entregar setes unidades, de forma a tirar dos hospitais as pessoas que não deveriam estar lá”, disse, citando a construção de mais hospitais. “Construímos sete em quatro anos e nossa meta é fazer muito mais”. 

Impugnação candidatura de Lula - Sobre a impugnação da candidatura do ex-presidente Lula por parte do Supremo Tribunal Federal (STF), Rui reforçou a tese de ‘perseguição implacável’. 

Porém, demostrou esperança de Fernando Haddad levar adiante o projeto do PT, com a esperada transferência de votos.

“É inexplicável como outros políticos investigados, cujas provas foram comprovadas a exemplo de contas no exterior e malas de dinheiro não terem tido nenhum tido de objeção às suas candidaturas, enquanto que no caso de Lula em que nada foi provado contra ele haver essa perseguição implacável. Mas tenho certeza de que os brasileiros continuarão votando no 13, visando a retomada do crescimento do país e Haddad sairá vitorioso”, enfatizou. 

Por fim, sobre a possibilidade de aumento do salário dos servidores, disse que não vai mentir para ganhar um voto sequer.

“Aprendi com minha mãe a tratar as outras pessoas como gostaria de ser tratado e a usar sempre da sinceridade. O Brasil atravessou uma crise sem proporção, onde dos 27 estados, 18 atrasaram salário e não pagaram o 13º salário, enquanto nós lutamos para manter em dia. Portanto, prefiro me comprometer com o que é possível arcar para que possa continuar olhando sempre nos olhos das pessoas”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.