RADIO WEB JUAZEIRO : O HOMEM QUE NASCEU SEM PÊNIS, GANHA IMPLANTE E JÁ COMEÇOU A "TRABALHAR"
sexta-feira, 14 de setembro de 2018

O HOMEM QUE NASCEU SEM PÊNIS, GANHA IMPLANTE E JÁ COMEÇOU A "TRABALHAR"

Nascido sem pênis, britânico recebe implante e perde a virgindade aos 45 anos

Por: Fernando Moreira 

Andrew e Fedra Foto: Reprodução/Discovery Networks International

Andrew Wardle, nasceu com uma anomalia conhecida como extrofia da bexiga, uma condição que fez com que sua bexiga fosse formada na parte externa do corpo e o deixasse sem pênis. A condição raríssima afeta uma em cada 20 milhões de pessoas.

Durante anos, o morador de Manchester (Inglaterra) manteve tudo em segredo, até que decidiu falar sobre o caso do documentário "O homem sem pênis", da Discovery Networks International, exibido em 2015 pela TLC.

Agora, o britânico voltou a ser notícia. Aos 45 anos, ele perdeu a virgindade após receber um implante de pênis.

Andrew Wardle Foto: Reprodução/Facebook

O órgão biônico foi implantado durante cirurgia que durou 10 horas, no London’s University Hospital. A pele para cobrir o órgão artificial foi retirada do antegraço esquerdo do paciente.

Funcionou. Andrew teve sua primeira noite de amor, com a namorada húngara Fedra Fabian, de 28 anos, que ele conheceu em um acampamento de férias onde os dois trabalhavam.

O britânico teve que permanecer com ereção por dez dias e teve que esperar seis semanas até ter a primeira experiência sexual com penetração. Andrew usa um botão na virilha para inflar o pênis artificial.

"Fedra tinha marcado uma viagem romântica a Amsterdã (Holanda). Toda a manhã, eu tinha que testar o órgão e mantê-lo ereto por 20 minutos. Dois dias antes de partirmos, aconteceu. Foi legal e natural, como eu queria que fosse", contou o inglês, segundo reportagem do "Metro".

Andrew e Fedra Foto: Reprodução

Andrew e Fedra já planejam se casar e ter filhos.

"Agradeço aos cirurgiões por poder curtir a minha vida", celebrou o ex-homem sem pênis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.