RADIO WEB JUAZEIRO : SUSTO NO ESPAÇO
quinta-feira, 1 de novembro de 2018

SUSTO NO ESPAÇO

Avião da Latam tem nariz e para-brisa destruído por granizo em voo

Folhapress 

 Latam/Divulgação Avião da Latam tem nariz e para-brisa destruído por granizo em voo

Um voo da Latam saído de Guarulhos, com destino a Santiago, no Chile, teve de ser desviado para Buenos Aires na madrugada desta quarta-feira (31), após a aeronave passar por uma tempestade de granizo e sofrer avarias.

Embora, segundo a Latam, o voo e o desvio para a Argentina tenha ocorrido de maneira segura, nas TVs passageiros dizem ter passado momentos de pânico e "queda livre".

Segundo sites de monitoramento de voos, A aeronave A320 (uma das mais usadas no mundo), partiu de Guarulhos à 1h51 (de Brasília) e seguia normalmente seu voo até as 3h11, quando sobrevoava no noroeste do Rio Grande do Sul, fez uma curva atípica para este voo para a direita. Logo depois, já na fronteira com a Argentina, a aeronave ganhou altitude, possivelmente para desviar de uma tempestade.

Segundo relatos dos passageiros, o piloto anunciou que o voo passaria por uma zona de turbulência e que os passageiros deveriam colocar o cinto de segurança.

Às 3h23, a aeronave desceu cerca de mil metros em um minuto e meio, segundo os sites de monitoramento. Nesse momento, passageiros relataram pânico no voo.

"Foi uma turbulência, mas muito violenta. Era como uma espécie de queda livre. E se prolongou no tempo, isso causou pânico entre os passageiros. Se ouviram gritos e choro", disse a uma TV argentina um dos passageiros. "Em um momento, percebemos o aumento da potência das turbinas. E houve um barulho tremendo do granizo golpeando a fuselagem. Foi bastante impactante", comentou o passageiro.

Após o incidente, o piloto teria informado que mudariam o destino do voo para Buenos Aires, por motivos de segurança. O pouso ocorreu às 4h52.

Nesse momento, o nariz do avião e o vidro que permitiam a visualização da pista pelos pilotos estavam danificados pelo impacto de diversas pedras de granizo.

Em uma conta no Twitter, o jornalista Diego Dominelli publicou fotos da frente e do interior da cabine do avião.

Segundo o especialista em segurança aérea Lito de Sousa, apesar do susto dos passageiros, o voo não correu risco.

"É normal que os passageiros tenham se assustado, pois a turbulência costuma ser bem severa e o barulho é bastante alto, em casos de tempestade com granizo. Mas independente do susto, o avião não corre risco de queda. Existem vários casos já registrados em que granizos que destroem o nariz e o para-brisa. Mas o voo segue com segurança. Não há riscos sobre os motores, por exemplo", comenta.

A Latam diz que a aeronave terá de passar por manutenção e que os passageiros receberam assistência da companhia e estão seguindo para Santiago, no Chile.

A companhia diz que seguiu todos os procedimentos previstos para este tipo de situação, mantendo o controle da aeronave em todos os momentos e resguardando sempre a segurança de seus passageiros. 

Com informações da Folhapress.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.