RADIO WEB JUAZEIRO : BETO BARBOSA (O REI DA LAMBADA) VIVE MOMENTOS DIFÍCEIS
quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

BETO BARBOSA (O REI DA LAMBADA) VIVE MOMENTOS DIFÍCEIS

Lutando contra o câncer, Beto Barbosa passará por cirurgia de alto risco para retirada de bexiga

 Por Redação SRzd 

Beto Barbosa. Foto: Reprodução de Internet

Ícone musical no Brasil na década de 90, o cantor e compositor Beto Barbosa será submetido a uma cirurgia de retirada da bexiga e, provavelmente, de próstata, na próxima quinta-feira (17), em São Paulo.

Diagnosticado com câncer de bexiga e de próstata em julho do ano passado, o artista de 63 anos encerrou tratamento com quimioterapia em novembro.

Após o procedimento, ele deverá ficar de um a dois dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O período total de internação levará em torno de 10 dias. Segundo os médicos, após o período de adaptação, que terá duração de aproximadamente 30 dias, Beto terá uma vida totalmente normal.

“Quando os médicos realizarem a cirurgia, vão avaliar se será necessário tirar a próstata também. O câncer diminuiu 90% após a quimioterapia. Tem dia que fico animado, e outros tenso. Será um procedimento longo e muito invasivo”, afirmou o artista ao jornal “Extra”.

Durante o tratamento de quimioterapia, o cantor, que teve que cancelar todos os seus shows para o mês de abril, contou que chegou a pesar 100 kg devido ao inchaço por não conseguir urinar. Após encerrar as sessões, ele estava com 93 kg.

A retirada da bexiga impacta a qualidade de vida do paciente, pois causa impotência sexual em 50% dos casos e também pode provocar incontinência urinária.

“Minha equipe médica é atualizada. Caso algo ocorra, há uma prótese que o homem pode usar e vida normal que segue. Fiquei com medo de marcar shows antes de abril porque não sei qual será minha reação. Desde julho, só fiz três shows, é pouco. Eu trabalhava todos os dias do mês antes de descobrir o câncer. Fico feliz porque vi que as pessoas sentem amor e me apoiam”, disse o cantor.

Raimundo Roberto Mohry Barbosa nasceu em Belém em 1955 e tem ascendência libanesa. Considerado o “rei da lambada”, foi um dos maiores vendedores de discos nos anos 80 e 90. É solteiro, mora em Fortaleza e tem um filho adotivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.