RADIO WEB JUAZEIRO : O RETRATO DA ADMINISTRAÇÃO DE JUAZEIRO
sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

O RETRATO DA ADMINISTRAÇÃO DE JUAZEIRO

Lixo e fedentina se espalham por Juazeiro; grupo político liderado por candidato condenado já pensa em 2020

Por Waltermário Pimentel

Se o ano de 2018 foi péssimo para a administração municipal em Juazeiro, pelo que está acontecendo no inicio de ano de 2019 a situação promete ser ainda pior. Ruas e avenidas próximas ao centro de Juazeiro estão tomadas pelo lixo e fedentina, um dos exemplo foram queixas de moradores dos bairros Centenário, Novo Encontro, Quidé, Lomanto Junior, Alto do Cruzeiro, e outros, se queixando que o caminhão do lixo estava com mais de dois dias sem passar causando fedentina e atraindo moscas.

Lixo ao lado do Colégio Hildete Lomanto

Em outras artérias da cidade, terrenos baldios se transformaram em verdadeiros lixões a exemplo de uma área próximo ao canal da vergonha, no bairro Lomanto Júnior. Outro local que o cenário é feio, fica próximo do Paço Municipal, na Rua Conselheiro Saraiva – local onde funciona o calçadão comercial com a fedentina invadindo lojas e causando doenças. Na Rua Esperanto, prestadores de serviços do SAAE deixaram uma cratera aberta desde o feriadão de Natal, espalharam terra pelo meio da rua, que está sendo lançada para dentro das residências e casas de comércio causando gripe nas pessoas, inclusive em crianças recém- nascidas. Nas laterais da escola Hildete Lomanto, centro da cidade, dois lixões se formaram há tempo e ninguém toma providências.


Buraco deixado pelo SAAE na Rua Esperanto com terra sendo jogada dentro das casas pelos carros


Estrada de acesso ao Quidé

Mas o triste cenário de Juazeiro não para por aí. Além de ser uma cidade suja que fede, o espaço onde deveria funcionar o Porto Fluvial de Juazeiro continua abandonado servindo de antro para drogados, ponto de desova, esconderijo para bandidos, e agora se transformou em mais outro lixão da cidade. E em outras áreas que dão acesso ao local, a exemplo da recém-construída estrada aos bairros Quidé, Codevasf, Argemiro, e outros, os espaços estão sendo ocupados por lixões. Segundo informações, a cidade de Juazeiro conta hoje com apenas dois carros para fazer a coleta, sendo que as pessoas estão alugando camionetas, carroças e caminhão para coletarem os resíduos de suas casas, que por suas vez, são jogados em lugares inapropriados.


Lixo ao lado do SEMEC

Até ao lado do ex-hospital SEMEC – fechado pelo ex-prefeito Isaac Carvalho -, está servindo também de lixão incomodando pessoas que passam, inclusive moradores e comerciantes próximo. Se o ano de 2018 foi de declínio político e moral para o chefe do grupo político comandado por Isaac Carvalho, 2019 já sinaliza que a coisa será pior, e quem sofre as graves consequências é a população. Para finalizar, esta turma do mal já pensa nas eleições de 2020.


Vergonha: Sujeira e fedentina no calçadão comercial próximo do Paço Municipal


Na orla da cidade a situação é esta


Lixo jogado no caminho do porto


Porto de Juazeiro





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.