RADIO WEB JUAZEIRO : XÔ... INFELIZ ANO VÉI! QUE VENHA FELIZ O NOVO...
quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

XÔ... INFELIZ ANO VÉI! QUE VENHA FELIZ O NOVO...

OTONIEL GONDIM 


Passo que passo aqui pelo grandioso blog Radio Web Juazeiro, não tão solamente para otimistas e respeitosas saudações e beijin beijin nos ombros. Mas, todavia, porém, trazer irrefutáveis verdades e regozijos esperançosos de melhorias que sempre me cercarão posto que eternamente o humanismo terá meu crédito. O seu tomém, querido Leitor? Tão, tá. 

É doloroso e difícil ‘guentar’ na surdina desumanos travestidos de diabinhos tododiadiatodo aventando de forma incessante e diabolicamente infernizando e martelando a ideologia igualitária-socialista equânime a todos. Que o diga o Paulo Freirianismo e que mal o diga o bolsonarismo... Que diferença, pai! 

O Infeliz Ano Véi largado pra trás lambujou ao Novo um repertório de frustações, arrepios, interrogações, desesperos, medos, seja em avanços sociais, culturais e políticos. Se preparem seguidores de teosofias fascistas, pois, como vociferou mestre Gil (Lembram e já ouviram com afinco e afeto o mais genial neguin dos neguin?) : 

“A FÉ NUM CUSTUMA FAIÁ!!! “ 

E tá na maré, na cobra coral e no pedaço de pão, mano.... 

Poispois que assim a onda é detectar problemas, erros, evitar maus passos, más companhias, fazer o uso do bom senso, da criatividade construtiva, da força, da coragem, da humildade, ante toda perversidade discriminatória, mesquinha, elitista, estreitismo mental daninho e, mais mais que nunca nunca, embrenhar-se de corpo/alma/coração acordando sem temor no amparo do espírito cristão polinomial enésimas vezes. (Gostei, dorei, isso!). 

De novo o poispois...é vê-se perante o espelho o despertar da esperança de que o melhor há de vir: HÁ DE VINGAR!!!! 

Certo certíssimo? Otonce, perceptivo amante das letras, continuemos os escritos desbravando por linhas doravante abaixo em análises sobre o país. Combined, amor é mio? 

No prestigiadíssimo Blog Geraldo José coisinhas-coisas-coisonas pintaram, e como!, pelos acontecimentos eleitorais e festejos de fim de ano. Tanto artigos danosos tanto ótimos avolumaram-se. Tréguas me dê amigo e permita-me interrompê-lo com um poema. Posso? Brigadinho. 

RAZÃO DE SER 



Escrevo. E pronto. 

Escrevo por que preciso. 

Preciso por que estou tonto. 

Ninguém tem nada com isso. 

Escrevo por que amanhece. 

E as estrelas lá no céu 

Lembram letras no papel. 

Quando o poema anoitece. 

A aranha tece teias. 

O peixe beija e morde o que vê. 

Eu escrevo poemas. 

Tem que ter por quê? 

(Leminski) 


Amou? Dorou? Belê de Creuza. A poesia (A arte em geral) tem a força dos legumes e acompanhada de belos recitais e estonteantes melodias tira da raiz-caule-tronco memoráveis frutos desembocando estridente na oitava maravilha do mundo: A LITERATURA. 

Bombombom, entre dissabores ruminantes, dilacerantes, claudicantes, que adentremos na política. 

Leitor, Leitor, brother Leitor, em termos de mundo, um tsunami desastre. Um capetismo que se desenrolou, desenrola, promovendo discórdias e tensões a migué por todo o planeta: O trumpismo. 

Pernóstico, anti-semita, anti-árabe, anti-democrático, anti-tudolegal, belicista, o pato Donald americano destoa de qualquer senso justo, digno, apaziguador e cristão. Pior: no nosso tupiniquim país abocanhou subservientes adeptos direitistas de suas maldades, de igual quilate: Jair Messias Bolsonaro e família e o covil olavista. Filho pousando de boné de Trump, outro garotinho explicando como fechar facinho facinho o STF, paizinho batendo continência e postando-se de quatro à bandeira norte-americana, eis um começo servil de male a piore. Ri-dí-cu-lo! 

Aliás, Sir Bozo, um conselho: Dê ordem a seus trapalhões pixotes para calarem o bico, pois, está surgindo uma sensação nacional de uma governança familiar hipócrita e tribal. Prontinho, curioso e impaciente Leitor? Muita hora nessa calma que chegamos que chegamos ao Brasil político. 

A despeito das eleições presidenciais, uma coisa é mais quilara que o Réveillon de Copacabana: A nação pôs o mais altamente despreparado político para comandá-la. Extremamente-direitista o eleito regozija-se orgulhoso de suas principais “qualidades”: Ufanismo direitóide, militarismo exórbito, misoginia, xenofobia, racismo, homofobia, aversão declarada publicamente a nordestinos , pobres e indígenas, o escambau do escambau da tonga da milonga do caburetê. Pra lascar a tampa da ampulheta junte-se a isso atos delirantes, estúpidas práticas ideológicas escusas, festival de mimimis, olavetes vocabulares nefastos, irrealismo tropical, fundadas na intolerância, no preconceito e no ódio. A elite burguesa, o império capitalista selvagem, a mídia marrom, o pastoril evangélico ganancioso e a burrice anacrônica popular endossam o caldo. 

O capita não discute (Saberia?) pontos polêmicos e responde com deselegância, mentiras e arrogância nata a perguntas que o põe contra a parede: 

Por que um ministério repleto de réus na Justiça? Por que filho de vice-presidente promovido nas escuras? Por que assessor especial do seu filho se esconde do MP? Por que o delator de Lula, Léo Pinheiro, foi agraciado aos mimos com a Presidência da Caixa Econômica ao seu genrinho? A quantas anda o seu processo de incitação ao estupro? Qual a verdade sobre a dinheirama posta pelo motorista na conta de sua esposa? E o descarado perdão do famigerado Moro ao caixa dois de Onyx? E as verbas ilegais contraídas pelo gabinete do mesmo braço direito Onyx? E as fake news da campanha? E o besteirol envolvendo as provas do Enem? O que o país ganha saindo, a mando americano, do Pacto de Migração da ONU? Tal e etecétera. 

Torna-se evidente o despreparo e incompetência do novo presidente pelas constantes voltas e meias e sendo desmentido vergonhosamente por assessores em decisões atabalhoadas tomadas. Está vergando as costas e lombos às influências políticas dos partidos conservadores que o puseram no trono. A nação corre sério risco de perder o ritmo democrático até então e retornar, ao visto, aos tempos do disco vinil, da fita cassete e do cassetete. 

· Em tempo pra não perder tempo: O Brasil nos tempos de Lula era louvado e invejado mundo afora por ter reduzido a desigualdade e a pobreza e elevado a autoestima do seu povo. O período de maior crescimento, em todos os aspectos de excelência humana e econômica, da história do Brasil! Um período de geração de renda, emprego, programas sociais aos mais carentes. Triste e fúnebre sentir que isso está sendo revertido e desestimulado. 

Com uma visão ultrajante, agressiva, negativa, torpe, avacalhada e reacionária de acabar com o marxismo, o comunismo, o petismo, o socialismo, a reforma agrária, a terra legal dos índios, as ONGS, o Enem autárquico, o bolsonarismo espalha veneno, ameaças, medo. Outrossim, dentro do seu próprio governo e partido (Falar nelezão, Bozo, se alardeia tanto matar o socialismo por que não troca logo o nome do seu partido PSL -Partido SOCIALISTA Liberal? Hein, neném dos EUA?) iniciaram--se engalfinhamentos visíveis onde com bastante apetite por benesses e poder civis e militares disputam as primazias do Palácio do Planalto. Cuidado, Capitão, que divergência e pouca clareza geram intrigas, confusões e muito arranca-rabo. Como dizia o personagem Painho de Chico City...AFE!!!! 

A bem da verdade e ao mal da mentira, o que o povo quer é notório, secular e simples: BEM VIVER COM DIGNIDADE. Para isso, um governo tem que acabar é com a miséria, a fome, o desemprego, o preconceito e a desigualdade social. 

210.000.000 de brasileiros apenas anseiam por isso. Faça isso e estamos falados, Capitão Jair Messias Bolsonaro. Pois, sim?!? 

Diversidade, criatividade, talento, resiliência, pendor para a inovação, empreendorismo, posição e natureza geográfica abençoada pelos deuses, a Nação Brasileira e o seu povo têm esses insumos fundamentais de sobra. 

Assim, não necessita é de futilidades, bocejos, mimimis. 

No mais, caríssimo amigo Leitor, deixo-o refletindo com o educador-mor mundial Paulo Freire: 


“POR UMA EDUCAÇÃO QUE NOS ENSINE A PENSAR E NÃO A OBEDECER”. 


Fui...já na saudade. 


Otoniel Gondim --- Professor, Escritor e Compositor. 
 [sic]

63 comentários:

  1. PENSEI QUE O CARA TAVA MORTINHO LITERARIAMENTE. VOLTOU MAIS GENIAL AINDA! PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  2. Belíssimas análises.

    ResponderExcluir
  3. Incrível. Votei em Bolsonaro , mas, este texto é verdadeiro e coerente. Sensacional.

    ResponderExcluir
  4. Geórgia Soares Almeida9 de janeiro de 2019 18:06

    ADALBERTO, LINDA POSTAGEM. OTONIEL, MEU LINDO, SENSAÇÃO PUTA.

    ResponderExcluir
  5. Mércia maria. Salgueiro-PE.9 de janeiro de 2019 18:07

    Admiro a coragem e o talento desse senhor. Dá de DEz em qualquer um. Belo poema escolhido, viu?

    ResponderExcluir
  6. Merdíssima de um perdedor ladrão.

    ResponderExcluir
  7. Disse tudo. melhor artigo que li sobre isso.

    ResponderExcluir
  8. Arraso! Genial!

    ResponderExcluir
  9. Reis da Guarda Municipal9 de janeiro de 2019 18:10

    Otoniel está cada dia mais genial, direto, objetivo, sem medo. O admiro, meu rei.

    ResponderExcluir
  10. BOLSONARO INCOMODA. ACEITA A DERROTA, AMIGO.

    ResponderExcluir
  11. mandou ver com gosto nos reaças de plantão. Adorável

    ResponderExcluir
  12. O MELHOR ANALISTA POLÍTICO DO BRASIL VOLTOU? MASSA.

    ResponderExcluir
  13. SUELI SU ....AMEI!9 de janeiro de 2019 18:13

    ADALBERTO, OTONIEL É PURO SUCESSO. UM ARTIGO DE PRIMEIRA, SAUDÁVEL, CULTURAL E POLÍTICO. AMEI.

    ResponderExcluir
  14. TEÓGENES SILVEIRA. POETA E PROFESSOR DA UNIVASF.9 de janeiro de 2019 18:44

    MUITI VERDADEIRO E GRANDIOSAMENTE BEM ESCRITO. PARABÉNS AO POST E AO AUTOR.

    ResponderExcluir
  15. Dez. Mil. Milhão. X^, capita!!!!

    ResponderExcluir
  16. Ótimas análises e conclusões. Lula livre!

    ResponderExcluir
  17. Noêmia Lins. GEO.9 de janeiro de 2019 18:46

    Otoniel Gondim, és um monstro na escrita. Adooooreeeeeei!

    ResponderExcluir
  18. Nada que preste. Como sempre.

    ResponderExcluir
  19. Sem sombras de dúvidas, realmente GONDIM é o cara. O resto, é imitação barata.

    ResponderExcluir
  20. QUEZADO. JORNALISTA.9 de janeiro de 2019 20:33

    vale a pena ler e reler tamanho ARTIGO SUPRAIMPORTANTE.

    ResponderExcluir
  21. Professor Otoniel Gondim, lindo texto. Mas, cadê o texto sobre Isaac e curriola? Não fuja.

    ResponderExcluir
  22. ótimo artigo. Bozo é o ó.

    ResponderExcluir
  23. PROFESSOR...RESOLVEU O SEU PROBLEMA PARA FALAR DOS OUTROS? SEI NÃO, VIU!

    ResponderExcluir
  24. Orlando Meira. Curaçá.9 de janeiro de 2019 20:36

    Legal e humanamente escrito.

    ResponderExcluir
  25. PRPOFESSOR, SE CANDIDATE E TERÁ O MEU E DE nilhares.

    ResponderExcluir
  26. Verônica Sales Moreira9 de janeiro de 2019 20:40

    GRANDE CRÔNICA. Recheada de poemas, bom humor e acidez. somente um cara faria algo tão soberbo, Adalberto Mariano: Otoniel Gondim.

    ResponderExcluir
  27. O BRASILEIRO SE FERROU!

    ResponderExcluir
  28. Quem mais pode escrever com tanta genialidade e sensatez? Adoreiiiiiiiii;

    ResponderExcluir
  29. TOMOU QUANTAS, REVOLTADO PETISTA? XÔ VOCÊ!!!

    ResponderExcluir
  30. ADALBERTO, EIS UM IMPOSTOR FALANDO DE GENTE DO BEM.

    ResponderExcluir
  31. Belíssimo texto. DEZ.

    ResponderExcluir
  32. Otoniel e Isaac / Quando escreverá sobre o seu maledito clã?

    ResponderExcluir
  33. SEI NÃO...OU ESSE RAPAZ AUTOR É DOIDO OU QUER MORRER.

    ResponderExcluir
  34. Nicinha do santo Antônio9 de janeiro de 2019 20:57

    Arrasou!

    ResponderExcluir
  35. QUE FALTA FEZ, AMIGO! ADORÁVEL CRÔNICA!

    ResponderExcluir
  36. GONDIM É SURPREENDENTE, A CADA DIA MAIS EXUBERANTE, IMPERATIVO. MASSA DE ARTIGO, ADALBERTO.

    ResponderExcluir
  37. disse tudo e mais um pouco sobre esse governo de merda.

    ResponderExcluir
  38. PERFEITO. FALTA ISAAC, NÉ PROFESSOR????

    ResponderExcluir
  39. INSUPERÁVEL COMO SEMPRE. AMEI.

    ResponderExcluir
  40. Otoniel, és o cara. Fora Bozo!!!

    ResponderExcluir
  41. Retornou retado de melhor! Parabéns.

    ResponderExcluir
  42. Verdades a tpda prova. Um governo que já inicia errado demais.

    ResponderExcluir
  43. Impróprio a um brasileiro que num acredita nem nele.

    ResponderExcluir
  44. Gondim...Isaac vem aí? Quero ler!

    ResponderExcluir
  45. Um artigo, mariano, estonteante, agradável de ler, repleto de coisas boas. Otoniel, o insuperável.

    ResponderExcluir
  46. Helena Filgueiras Melo10 de janeiro de 2019 13:45

    Mandou ver mesmo!

    ResponderExcluir
  47. Como vale a pena solicitAR TEXTO DESSE GÊNIO. tOMA BOLSONARISTAS!

    ResponderExcluir
  48. Muito bem. E Luladrão? kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  49. Carlos Moura. Viva Gondim!10 de janeiro de 2019 13:48

    Um texto do qual todos deveriam ler, estudar, debater. Genial!

    ResponderExcluir
  50. Sales Moreira. Salvador.10 de janeiro de 2019 13:48

    Ler Otoniel é ler contundência. Demais.

    ResponderExcluir
  51. DEVIA IR PRA CUBA, SEU....

    ResponderExcluir
  52. O PROFESSOR, ACIDEZ À TODA PROVA, INCOMODA MESMO E MUITO. FOSSE iSAAC COMEÇAVA A CHORAR, POIS, SOUBE QUE O PRÓXIMO TEXTO DO MESTRE DAS POLÊMICAS SERÁ COM O EX-PREFEITO DE JUAZEIRO.

    ResponderExcluir
  53. Demais, amigo. Sensação demais.

    ResponderExcluir
  54. LINDO. LINDO. LIODO. DEZ!!!

    ResponderExcluir
  55. No meu entender....fez por merecer os constantes pedidos feitos para o retorno. Divino texto.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário.