RADIO WEB JUAZEIRO : ESTÁDIO DE JUAZEIRO RECEBE CRÍTICAS DA MÍDIA ESPORTIVA NACIONAL
quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

ESTÁDIO DE JUAZEIRO RECEBE CRÍTICAS DA MÍDIA ESPORTIVA NACIONAL

"A CIDADE DE JUAZEIRO MERECE UM CAMPO MELHOR" DIZ GOLEIRO DO VASCO FERNANDO MIGUEL
Foto: Mauricio Dias

Mais uma vez o estado do gramado Adauto Moraes é alvo de crítica da mídia e de jogadores. Desta vez, foi além, a partida entre Juazeirense e Vasco pela Copa do Brasil foi transmitida para o Brasil inteiro, tanto pela Rede Globo, quanto pelo SporTV. 

A imprensa comentou a situação do gramado durante toda a partida e na saída do campo, o goleiro do Vasco Fernando Miguel, conhecedor das dificuldades dos times baianos, já que atuou pelo Vitória durante cinco anos, disse que "a cidade de Juazeiro merece um campo melhor". Segundo ele, "quem esteve aqui viu a dificuldade para dominar uma bola. Dificultou pro Vasco, mas também para a Juazeirense. A cidade de Juazeiro merece uma estrutura melhor, para que possam mostrar o grande trabalho que fazem aqui. Eu sei o quanto é dificil pra ter essas oportunidades. Quando se tem um piso melhor, se potencializa o trabalho" completou o goleiro em entrevista ao canal Sportv.

O responsável pela eliminação da Juazeirense, Maxi López, autor do gol de empate do time carioca, também não poupou nas críticas: "Eu nunca vi um gramado como esse em toda minha vida" falou o argentino em entrevista após a partida também ao canal Sportv.


Comentário de Herbert Café

Amigo, assisti ontem pela TV o jogo e confesso que foi impossível não sentir vergonha diante dos comentários depreciativos sobre o estádio, o pior gramado do mundo e a iluminação precária. O preconceito tradicional da mídia sulista é somatizado diante das nossas carências que são sanáveis e daí somos transformados em verdadeiros "aborígenes" de mais de um Brasil, se realmente existisse.

Somos uma cidade vocacionada para a agricultura, temos uma Faculdade de Agronomia cinquentenária, órgãos federais importantes na área  da pesquisa e assistência técnica agropecuária (EMBRAPA, CODEVASF), um Universidade FEDERAL com cursos na área agrícola e dezenas de empresas privadas que empregam técnicos qualificados no assunto. Será que é tão difícil o poder público municipal promover uma discussão com esses atores e resolver definitivamente essa questão do GRAMADO do nosso acanhado estádio de futebol? A iluminação é apenas questão de boa vontade administrativa.

Fica a sugestão para uma reflexão e discussão se assim concordar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.