RADIO WEB JUAZEIRO : Magazine Luiza oferece US$ 62 milhões para comprar a Netshoes

ENQUETE

terça-feira, 30 de abril de 2019

Magazine Luiza oferece US$ 62 milhões para comprar a Netshoes

 Por: Redação BNews

O Magazine Luiza informou, em fato relevante divulgado nesta segunda-feira, que assinou hoje um acordo de compra, por meio de incorporação, de 100% da Netshoes por um preço por ação de US$ 2, somando valor total de US$ 62 milhões. Hoje, a ação fechou a US$ 2,62, alta de 2,75% — desde o surgimento das primeiras informações sobre as negociações, , o papel tem se valorizado.

De acordo com o Valor, a operação ainda precisa de aprovação em assembleia de acionistas da Netshoes, portanto, pode sofrer mudanças. Além do Magazine, B2W e Mercado Livre tinham interesse na Netshoes, mas o Magazine tinha o direito de exclusividade nas negociações, como informou o Valor na quinta-feira. 

Ainda segundo a publicação, pelo acordo desenhado, o Magazine Luiza abrirá uma subsidiária nas Ilhas Cayman, onde a Netshoes tem a operação registrada, e haverá uma fusão da Netshoes e desta subsidiária do Magazine, sediada em Cayman. 

A empresa diz que, por essas condições, a transação não está sujeita ao disposto no artigo 256 da Lei das Sociedades por Ações. O artigo 256 determina as condições que uma empresa aberta, compradora de um negócio, deve seguir para avançar numa operação.

Os atuais acionistas da Netshoes receberão o valor de suas ações exclusivamente em dinheiro, diz o comunicado.

O Magazine ainda informa que fechou hoje com acionistas detentores de aproximadamente 47,9% do capital social da Netshoes um “voting and support agreement”. Por meio dele, esses acionistas se comprometem a votar de forma favorável ao negócio na assembleia da Netshoes. Apoio às condições é fundamental considerando que, apesar da oferta colocada, a Netshoes é uma companhia de capital aberto nos EUA, logo, outros interessados podem apresentar eventualmente propostas de compra da empresa.

“A companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados sobre a conclusão e demais informações da operação, nos termos da legislação aplicável”, diz o Magazine.

A conclusão do negócio ainda está condicionada não apenas à aprovação de dois terços dos acionistas da Netshoes como tambem aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.