RADIO WEB JUAZEIRO : Cantor faz duras críticas sobre comemoração do aniversário de João Gilberto organizado pela Prefeitura de Juazeiro. ‘Evento para uma panelinha, João é maior do isso’
terça-feira, 11 de junho de 2019

Cantor faz duras críticas sobre comemoração do aniversário de João Gilberto organizado pela Prefeitura de Juazeiro. ‘Evento para uma panelinha, João é maior do isso’

Ação popular

“Evento de um artista só com sua panelinha, João Gilberto é maior que essa mediocridade”, crítica do cantor Júnior Mota sobre a realização de um evento no Vaporzinho hoje a noite, na orla 2 de Juazeiro, em comemoração aos 88 anos do aniversário de João Gilberto.


“Um novo dia, segunda-feira, 10 de junho, praticamente meio de ano, aniversário do João, o João que amamos. Isto é importante, da maior importância, ‘o resto é nada’, como dizia o velho Ruy Faria Memórias e ontem também foi dito por um grande ator, o Othon Bastos. João completa hoje os seus 88. O País poderia destacar reverencias, João não é um qualquer, ele é o único”, exaltou.
Júnior Mota

Ele reforçou a critica sobre a comemoração em Juazeiro. “Um engodo. São uns aproveitadores (…) O absurdo e um artista que detém cargo público sozinho organizar o evento, tocar tirando a oportunidade de outros artistas, é uma gestão onde tudo é para os amigos, e para os adversários sobram o reforço da lei. Ali e só a panelinha neo-comunista, no entanto, é uma homenagem medíocre, esperar o que de um governo de forasteiros que se quer sabe quem é João Gilberto…Só tem puxa saco capenga, um bando de abutres que não se respeitam a tradicional cultura nem os munícipes”, detonou.

“No último sábado houve a festa da viúva Eliene Bittencourt, mas esta sabe fazer eventos, esses aí são meros recebedores de salário da velha arrebentada vaca leiteira que estão famintos em final de governo roendo as paredes”, desabafou Júnior Mota.

Ele concluiu cobrando a participação de artistas natos da música popular que tocavam na noitadas da orla da cidade e que hoje foram obrigados à encontrar outros caminhos devido a imposição da administração municipal. “Cadê os artistas da noite: Charles Eluram, Valtinho, Paulo César, Fred Pontes, Arimatéia? Esses sim, são representantes da Bossa Nova em Juazeiro. Todos os dias cumprem o ofício, vivem honestamente da boa música”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.