RADIO WEB JUAZEIRO : Policial é condenado a 16 anos de prisão por matar comerciante confundido com assaltante em Teixeira de Freitas
sexta-feira, 7 de junho de 2019

Policial é condenado a 16 anos de prisão por matar comerciante confundido com assaltante em Teixeira de Freitas

“Ele tinha acabado de entrar na loja para consertar um celular e morreu”, afirmou o advogado Gean Prates

Foto: Reprodução / TV Santa Cruz
VN

Segundo a decisão, o comerciante identificado como Gilberto Arueira, estava com a mulher e a filha em uma loja de celulares, quando foi surpreendido por policiais e baleado. Três policiais foram julgados: Aurélio Sampaio Costa e Santo Andrade Moreira foram absolvidos pelo juri e Wanderson Ferreira da Silva foi condenado.

Segundo Gean Prates, advogado da família, Wanderson havia sido assaltado e pediu ajuda aos outros dois policiais para encontrar o assaltante: “Quando ele viu Gilberto dentro da loja de celulares, ele apontou o homem como assaltante. Daí houve os disparos que atingiram Gilberto. Ele tinha acabado de entrar na loja para consertar um celular e morreu”, afirmou durante o o julgamento.

Oito testemunhas foram ouvidas. Segundo o promotor Gilberto Campos, o Ministério Público tem certeza que o comerciante foi executado pelo militar. O advogado dos policiais preferiu não conversar com a imprensa. Ele afirmou que a possível alteração na cena do crime não foi realizada pelos policiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.