RADIO WEB JUAZEIRO : CÂMARA NEGA TITULO DE CIDADÃO A UM POETA, CANTOR E COMPOSITOR HONESTO, FLAVIO LEANDRO , MAS CONCEDE O MESMO TITULO A UM PRESIDIÁRIO CHAMADO “LULA”
quarta-feira, 21 de agosto de 2019

CÂMARA NEGA TITULO DE CIDADÃO A UM POETA, CANTOR E COMPOSITOR HONESTO, FLAVIO LEANDRO , MAS CONCEDE O MESMO TITULO A UM PRESIDIÁRIO CHAMADO “LULA”

Resultado de imagem para Flavio Leandro
Cantor - titulo negado 

Condenado - titulo concedido 

Prof. Taciano Medrado

Li na mídia e confesso que não conseguir compreender, o por que a Câmara de vereadores de Juazeiro , em sessão ordinária, com votação secreta, realizada nessa segunda-feira dia 19 de agosto , os vereadores de Juazeiro-BA rejeitaram a proposta apresentada pelo edil Inaldo Loiola do PCdoB de conceder o título de cidadão juazeirense ao poeta , cantor e compositor Flavio Leandro

Com 11 votos favoráveis e 05 contrários, a honraria precisava ter dois terços dos votos a favor, ou seja, 14 votos para aprovação do projeto.

Quem é Flavio Leandro?

Flávio Leandro é natural de Bodocó-PE , Auditor fiscal da Receita Estadual de Pernambuco, começou a compor aos 13 anos. O artista já emplacou várias músicas de diversos artistas como, Elba Ramalho, Flávio José, Jorge de Altinho, entre outros e hoje é um expoente e representante da música nordestina em especial o forro. Autor de composições belíssimas como “Bahia, forró e folia, Saudades de nós, xô aperreio, Festa de amor, Problema seu , gravados e interpretado na voz do grande forrozeiro Adelmario Coelho e a inquestionável composição “Chuva de honestidade” que faz forte critica a exploração pelos políticos da seca .

Qual motivo teria levado a negação por parte dos edis que compôs a câmara de vereadores de Juazeiro?

Sem sombras e duvidas, simplesmente por que o presidente Jair Messias Bolsonaro sugeriu que a rede globo de televisão fizesse um vídeo institucional com a canção do poeta pernambucano.

Disse Bolsonaro:
“Eu queria que a Globo botasse no ar um vídeo com uma canção lá do Nordeste que se chama ‘Chuva de honestidade”.

O atual presidente da câmara de vereadores, um declarado desafeto do presidente Jair Bolsonaro mudou as regras do jogo na concessão de título de cidadão proposta.

O título colocado sob votação de Flávio Leandro foi o primeiro a ser votado após mudança no regimento interno da Câmara Municipal. A partir de agora as votações serão secretas.

De acordo com o membro do PSL, mesmo partido de Bolsonaro e votante e defensor da esquerda recalcada de Juazeiro, o senhor Alex Tanuri numa tentativa pífia de se explicar, alega se tratar de mudança no regimento interno quando do retorno dos trabalhos legislativos. “Iremos seguir regimento interno. Votação de título de cidadão e algumas outras votações, como está especificado no regimento, serão secretas”, disse o Vereador.

Mas a câmara soube aprovar um título indicado pelo petista vereador na época Tiano Felix (2016) ao presidiário Lula , por pratica delituoso, condenado a mais de 8 ano de prisão cumprindo pena em regime fechado chamado Luís Inácio “Lula’ da Silva. 

É a inversão de valores praticada pela esquerda no pais por mais de 16 anos .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.