RADIO WEB JUAZEIRO : Vendedor faz do plano B primeira opção, fatura alto e constrói mansão
sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Vendedor faz do plano B primeira opção, fatura alto e constrói mansão

Marcos Sanches dá novo sentido para a vida após investir dinheiro da rescisão em franquia de pagamentos

Conteúdo Patrocinado

Marcos Sanches conseguiu garantir o futuro da família com novo negócio
Arquivo pessoal

Com o filho Davi nos braços, que na época tinha apenas 4 meses, Marcos Antonio Alves Sanches planejava o futuro após ter passado os últimos 15 anos no setor de pós-venda de uma concessionária em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. “Eu fazia de tudo um pouco. Vendia peças, cuidava da garantia, era consultor de serviço e gestor. Até que fui demitido e decidi adquirir uma franquia. Como já vinha estudando a Acqio há algum tempo, eu senti que era o momento de abrir meu próprio negócio.

Com o acerto da minha demissão, quitei várias contas que iriam vencer ao longo dos meses e comprei a franquia à vista”, relembra Marcos, que está há 2 anos de 2 meses no negócio e após 6 meses já integrava o grupo chamado Tropa de Elite, que reúne os melhores franqueados da marca.

Marcos confessa que até então não entendia nada de maquininhas de cartões, mas foi atraído pelo desejo de vender. “Sempre gostei de vender e logo na primeira abordagem fiz a minha primeira venda para uma auto mecânica. Como nunca havia trabalhado com isso, eu coloquei como meta para o primeiro mês de venda 10 maquininhas. Vendi 11! Sentia a cada dia que estava no caminho correto”, conta Marcos.

Na trajetória de sucesso, Marcos não esquece as dificuldades que fizeram parte do percurso e do apoio especial que recebeu do diretor da Acqio. “Consegui resolver um problema na mesma semana e tive a certeza de que estava no caminho certo”, afirma o franqueado.

Uma rotina de esforço e trabalho

Apesar de ter 900 clientes e faturar acima de R$ 12 mil por mês, Marcos continua com a postura e a vontade de quem acabou de chegar no mundo das franquias de pagamentos. Sua rotina inicia todos os dias pontualmente às 7 horas da manhã. “Antes de visitar os clientes, reviso o e-mail, a agenda e as propostas. Só depois vou fazer as visitas a clientes novos e a prestar as assistências aos clientes, que muitas vezes são coisas simples. Faço uma parada para o almoço e só volto à noite”, revela o franqueado, que completa: “A tempestade vem, mas uma hora acaba e o sol brilha”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.