RADIO WEB JUAZEIRO : Em 10 meses, policiais militares em serviço mataram 584 pessoas em SP
sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Em 10 meses, policiais militares em serviço mataram 584 pessoas em SP

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de SP, número deste ano é 9,1% maior do que o mesmo período do ano passado

Kaique Dalapola, do R7

Número de mortos pela PM em SP segue em alta  -  Reprodução/Facebook

O número de pessoas mortas pela Polícia Militar do Estado de São Paulo segue em alta. Entre janeiro e outubro deste ano, os PMs em serviço mataram 584 pessoas em casos registrados como "morte decorrente de intervenção policial" — o antigo auto de resistência.

Considerando apenas outubro, policiais militares fardados mataram 71 pessoas em casos de supostas resistência — 13 a mais do que o mesmo mês do ano passado.

Esses são os dados oficiais divulgados pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo). Conforme as estatísticas, os dez primeiros meses deste ano superou em 9,1% o número de vítimas de policiais militares em serviço em 2018, quando houve 535 mortes.

Em entrevista coletiva a jornalistas no Palácio dos Bandeirantes, nesta quinta-feira (5), o governador João Doria respondeu sobre a alta na letalidade policial. Segundo ele, "o aumento se deve a uma ação mais ampla da Polícia Militar no Estado".

O governador disse que as mortes causadas por policiais militares não são desejáveis, no entanto, "podem eventualmente ser aplicadas", como em situações de confrontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE