RADIO WEB JUAZEIRO : Agnaldo Timóteo relembra período internado: 'Fui dado como morto'
quarta-feira, 25 de março de 2020

Agnaldo Timóteo relembra período internado: 'Fui dado como morto'

Cantor, que ficou internado por dois meses em 2019, comentou também ter uma enorme mágoa com Roberto Carlos

Do R7

Agnaldo Timóteo assume não ter gostado de filme sobre ele
Reprodução Rede TV!

Agnaldo Timóteo relembrou do período em que passou dois meses internado durante 2019.

Em entrevista ao Luciana By Night, ele comentou que, na época, poucas pessoas acreditavam na recuperação do cantor e que um jornal até mesmo noticiou que ele havia morrido. 

"Quando caí na cama, eu caí morto", contou. "Eu fiquei um tempão entubado. Eu estava morto, por isso que o jornal publicou: 'Morre Agnaldo Timóteo'. Mas eu não morri, estou vivo!", comemorou o cantor.


Na conversa, ele aproveitou para revelar que ainda tem uma enorme mágoa com Roberto Carlos. Apesar de reconhecer que a música Meu Grito, escrita pelo Rei e gravada por Agnaldo, tenha salvado a sua carreira, o cantor criticou nunca ter sido convidado para participar dos especiais de fim de ano de Roberto na Globo. "O Roberto Carlos foi muito ingrato comigo, embora eu ainda seja muito alucinado por ele", comentou.

Além disso, Agnaldo também revelou que o filme sobre a vida dele, Eu Pecador, não o agradou. "Fizeram um filme meu, mas eu não gostei", comentou, se referindo ao longa de Nelson Hoineff, ainda não lançado em circuito comercial, e que revela a bissexualidade de Agnaldo e um caso dele com um ex-funcionário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE