RADIO WEB JUAZEIRO : Atleta enfrenta perigos na travessia pelo lugar mais mortal da Terra
quarta-feira, 11 de março de 2020

Atleta enfrenta perigos na travessia pelo lugar mais mortal da Terra

Com o maior rival bem atrás dele, Colin O'Brady se recusou a ceder mesmo quando a exaustão tomou conta de seu corpo

Do R7


Todos os dias, Colin O'Brady dava um beijo de despedida em sua esposa Jenna e ia trabalhar. Mas não se engane, seu trabalho não é nada convencional e envolve superar os próprios limites diariamente


A intenção era ir sozinho, missão que nunca antes foi realizada com sucesso. Todos os alpinistas solitários até então haviam morrido durante a travessia e sua família estava muito preocupada com tal decisão 

O explorador britânico Henry Worsely tentou a jornada solo em 2016 e morreu a 48 quilômetros da linha de chegada. O que tornou essa perda ainda mais preocupante foi o fato de Henry ser um dos maiores exemplos de Colin

 

Dormir também não era fácil. Após 12 horas de caminhada, ele lutou com o vento para montar sua barraca, que quase explodiu em mais de uma ocasião. Seu luxo era um telefone via satélite, único modo de contatar a esposa 



*Estagiária do R7, sob supervisão de Filipe Siqueira
Foto: Reprodução/Colin O'Brady

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE