RADIO WEB JUAZEIRO : Últimas notícias de coronavírus de 11 de março
quarta-feira, 11 de março de 2020

Últimas notícias de coronavírus de 11 de março

Governo da Itália não descarta adoção de medidas mais restritivas por causa do coronavírus; Merkel disse que até 70% da população alemã poderá ser infectada pelo Sars-Cov-2.

Por G1
Funcionário municipal pulveriza desinfetante em áreas públicas na Praça de São Marcos, em Veneza, nesta quarta-feira (11) — Foto: Marco Sabadin / AFP

O premiê italiano, Giuseppe Conte, não descarta a adoção de medidas mais restritivas para combater a expansão do coronavírus no país, mas está atento para não se deixar influenciar por "questões emocionais".

Na terça (10), o governo ampliou a quarentena que já tinha sido colocada em prática na região da Lombardia, epicentro do contágio no norte do país. As ruas e os pontos turísticos da Itália ficaram vazios.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse em uma conferência sobre o novo coronavírus que autoridades de saúde do país acreditam que entre 60%-70% da população alemã poderá ser infectada pelo Sars-Cov-2 em algum momento.

"Estamos em uma situação em que não sabemos muitas coisas, e o que não sabemos, precisamos levar a sério", disse Merkel.

Na Polônia, o primeiro-ministro, Mateusz Morawiecki, anunciou o fechamento das escolas a partir desta quinta-feira para conter o avanço do novo coronavírus. O país tem 26 casos do vírus confirmados, mas nenhuma morte. Universidades, cinemas, teatros e museus também deverão ser fechados.

Na região espanhola da Catalunha, eventos com mais de 1 mil pessoas foram proibidos. A determinação também prevê que partidas esportivas sejam jogadas sem a presença de torcedores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE