RADIO WEB JUAZEIRO : Vacina de Cuba contra coronavírus não existe
terça-feira, 17 de março de 2020

Vacina de Cuba contra coronavírus não existe

Fake news sobre o tema têm se propagado na internet nos últimos dias
Carro antigo, comum nas ruas de Cuba, em via do centro da capital, Havana Tom Auzins/Robert Harding

A informação de que Cuba desenvolveu uma vacina contra o novo coronavírus e enviou para a China é falsa. Fake news sobre o tema têm se propagado na internet nos últimos dias.

Na verdade, um dos medicamentos usados no tratamentos de infectados no país asiático, onde teve início a disseminação do vírus que causa a covid-19, foi o Interferon Alfa 2B.

O diretor de investigações biomédicas do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia de Cuba, Gerardo Guillen, ressalta que Cuba não tem a vacina contra a doença.

"As informações que circulam se referem ao Interferon, que é um produto terapêutico, que se utiliza para fortalecer a imunização geral, não é específico como as vacinas. Obter uma vacina levará um ano ou um ano e meio", diz o especialista cubano ao ser questionado nas redes sociais.

Em entrevista a uma TV de seu país, Guillen explica a origem do medicamento. "É uma proteína do sistema imunológico dos seres humanos e tem a função especificamente neste caso de interferir na infecção viral ou de microorganismos patógenos em geral. Daí vem seu nome Interferon.”

O medicamento é usado em tratamentos como os de leucemia e hepatite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE