RADIO WEB JUAZEIRO : Sargento do Exército coordena projeto de respirador de baixo custo

#2ECCFA - #87CEFA

sexta-feira, 17 de abril de 2020

Sargento do Exército coordena projeto de respirador de baixo custo

O ventilador mecânico levou 15 dias para ser desenvolvido e, segundo a equipe de pesquisadores, tem valor aproximado de R$ 3.500,00

NOTÍCIAS BOAS
Do R7

Sargento desenvolveu respirador como voluntário
Cb Elzir / Exército

Um respirador mecânico de baixo custo, que deve custar por volta de R$ 3.500,00 para ser fabricado (um convencional, sai por R$ 50 mil), está sendo desenvolvido por um sargento do Exército de Alagoas em parceria com pesquisadores do estado.

O projeto, coordenado pelo 1º Sargento Rodrigo Costa dos Santos, do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BI Mtz), tem por objetivo suprir a demanda dos hospitais por respiradores mecânicos.

Rodrigo, além de sargento, é matemático e possui projetos nas áreas de engenharia química e mecânica. A linha de pesquisa foi arquitetada a partir de uma engenharia inovadora, utilizando o ambu (reanimador manual) como princípio de funcionamento.

O projeto contou com os conhecimentos também do professor Edson Camilo, do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), mestre em engenharia de produção. Ainda fazem parte da equipe três membros da engenharia mecatrônica, um programador, um médico, e um engenheiro eletricista, especialista em respirador mecânico.

O equipamento também possui sensores de fluxo de ar, de pressão e de volume. O ventilador mecânico, batizado de "Respiral", levou 15 dias nas etapas de pesquisa e produção e, segundo a equipe de pesquisadores, custou em torno de R$ 3.500,00.

Os testes do "Respiral" só poderão ser realizados após aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), além de também passar por certificação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE