RADIO WEB JUAZEIRO : Neymar recusa redução salarial e pressiona PSG

#2ECCFA - #87CEFA

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Neymar recusa redução salarial e pressiona PSG

A negociação de redução salarial envolvendo o presidente Nasser Al-Khelaifi e os atletas causou um racha no elenco | Foto: Franck Fife | AFP


O craque brasileiro Neymar e seu clube, Paris Saint-Germain engataram mais uma novela. Dessa vez, a negociação de redução salarial envolvendo o presidente Nasser Al-Khelaifi e os atletas causou um racha no elenco. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 27, pelo jornal local 'Le Figaro'.

De acordo com o periódico, o camisa 10 do clube parisiense e da Seleção Brasileira se opõe a essa diminuição. Além dele, o zagueiro Thiago Silva foi outro que não aceitou os valores propostas pela cúpula do PSG.

Em contrapartida, Mbappé e Marquinhos estão no grupo que aceitariam reduzir cerca de 70% dos vencimentos. Do outro lado, Neymar, Thiago Silva, Cavani, Herrera e Bernat querem os salários integrais, mas estariam dispostos a um reembolso ou adiamento do pagamento.

Ainda segundo o Le Figaro, Al-Khelaifi ficou extremamente descontente com a forma que os jogadores lidaram com essa situação.

Na França, as últimas posturas de Neymar com relação ao PSG tem sido encarada mais como uma forma de pressionar o clube a liberá-lo para um possível retorno ao Barcelona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE