RADIO WEB JUAZEIRO

#2ECCFA - #87CEFA


 

terça-feira, 19 de maio de 2020

O trabalho realizado pela prefeitura de Curaçá, no combate ao coronavírus, está muito próximo de ter 100% de sucesso, zerando os casos de Covid-19 no município. A testagem eficiente, o acompanhamento dos pacientes, com isolamento imediato dos casos confirmados como positivos foram fundamentais.

No boletim divulgado nesta segunda-feira (18) a Secretaria de Saúde informou que as últimas testagens não positivaram e os casos de cura estão próximos de serem totalmente zerados, restando apenas dois pacientes que ainda cumprem quarentena nos moldes determinados pela OMS e outros organismos de saúde.

Um dos primeiros municípios da região a determinar o uso obrigatório de máscaras e o toque de recolher em áreas de grande circulação, na sede e interior, Curaçá segue adotando as medidas protetivas.
“A transparência, a rapidez e eficiência nos testes, a informação à população e os cuidados com as pessoas diagnosticadas com o vírus e seus familiares, além das medidas rígidas de isolamento social que adotamos, certamente contribuíram para que esses resultados comecem a aparecer”, ressaltou o prefeito Pedro Oliveira.

O secretário de Saúde de Curaçá, Adriano Araújo, reforça essa tese: “A adoção rígida dos protocolos nos levou, de início, a números que até assustaram, mas os resultados mostram que estávamos agindo bem quando procuramos testar com eficiência e dar toda transparência aos números e aos cuidados com os infectados. Estamos caminhando para sair mais cedo da curva de ascendência da doença, mas continuaremos adotando todos os cuidados para evitar novos casos”, declarou.

O boletim divulgado nesta segunda-feira aponta para 27 casos de cura, dentre os 29 testados positivos para Covid-19. Nenhum dos casos evoluiu para necessidade de internação hospitalar e não há registro de óbito no município. Dos 188 casos investigados 88 já foram descartados e apenas 23 aguardam resultado.

Ascom Curaçá
Delaides Rodrigues Paixão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE