RADIO WEB JUAZEIRO : Toffoli pede trégua entre os poderes e Bolsonaro

#2ECCFA - #87CEFA

 


terça-feira, 9 de junho de 2020

Toffoli pede trégua entre os poderes e Bolsonaro

Toffoli pediu uma trégua para combater a crise deixada pelo coronavírus 
 Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil

O ministro e presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, pediu uma "trégua" entre os poderes da República para o enfrentamento da pandemia. Durante um evento virtual da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), nesta segunda-feira, 8, ele ainda disse que a "dubiedade" do presidente Jair Bolsonaro "assusta" a sociedade e a comunidade internacional.

As declarações foram feitas ao passo que a AMB elaborou um ato em defesa do STF e do Poder Judiciário. O manifesto, assinado por mais de 200 entidades da área jurídica e da sociedade civil e entregue a Toffoli, afirma que a liberdade de expressão não abrange discursos de ódio e a apologia ao autoritarismo, à ditadura e a ideologias totalitárias já derrotadas no passado.

O protesto é motivado por críticas feitas por Bolsonaro as decisões do tribunal e ministros, além das manifestações nas quais bolsonaristas pediram o fechamento do Congresso e do STF, além de intervenção militar.

Em resposta, Toffoli pediu uma trégua para combater a crise deixada pelo coronavírus. "Precisamos ter uma trégua, uma trégua para o devido combate à pandemia, uma trégua para o devido combate aos efeitos colaterais, que são o desemprego, que é a recessão que se avizinha, que é o déficit fiscal. É necessário uma trégua entre poderes".

Ao falar de Bolsonaro, Toffoli criticou o que chamou de "atitudes dúbias". "Mas algumas atitudes têm trazido uma certa dubiedade, e essa dubiedade ela impressiona e assusta a sociedade brasileira. E hoje não mais só a sociedade brasileira – também a comunidade internacional das nações, também a economia internacional. Nós precisamos de paz institucional, precisamos de ter prudência, precisamos ter união no combate à Covid".

Com relação a imprensa, ele elogiou a iniciativa de veículos que se reuniram para dar transparência aos dados da pandemia. "Vimos hoje, por exemplo, a realização de uma parceria colaborativa entre diversos veículos de comunicação para dar transparência aos dados da pandemia no país. A transparência é mandamento constitucional. São, portanto, bem-vindas todas as medidas que visem reforçá-la. Essa iniciativa é mais uma demonstração do trabalho de excelência realizado pela imprensa ao auxiliar na comunicação com as informações necessárias ao combate da pandemia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE