RADIO WEB JUAZEIRO : Aumento de potós preocupa moradores do Bairro Dom Avelar; Centro de Zoonoses orienta
terça-feira, 22 de setembro de 2020

Aumento de potós preocupa moradores do Bairro Dom Avelar; Centro de Zoonoses orienta

Carlos Britto


Um inseto pequenino vem tirando o sono de moradores do Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina. Aparentemente inofensivo, o potó pode provocar sérios danos à saúde humana porque ele expele uma substância que queima a pele. Em contato com os olhos, é possível causar até cegueira. O surgimento considerável de potós nas ruas da Crença, da Operação, da Prudência e das Sensações levou os comunitários a pedir ajuda das autoridades competentes.

“Durante o final de semana foram mais de 20 em casa. Minha esposa e minha filha estão com ferimentos causados pelo inseto”, alerta um dos moradores, que reclama também de um terreno nas imediações, onde a própria comunidade colabora com esse problema ao despejar lixo e entulhos no local. “Já enviei fotos para a Ouvidoria, mas ainda não fui atendido”, informou.

Sobre a questão dos potós, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Petrolina esclarece que o clima nesta época do ano na cidade propicia o aparecimento dos insetos. “Por isso, as pessoas precisam se prevenir e podem fazer isso de diversas formas, como evitar dormir com a luz acessa durante a noite, pois eles são atraídos pela luminosidade, além de contratar algum serviço de dedetização para eliminar o aparecimento ou reprodução do inseto. Também é importante fazer a limpeza da casa e bater o lençol da cama antes de dormir, para prevenir o aparecimento do potó”, destaca o CCZ.

O órgão municipal ressalta ainda que o ataque do potó acontece quando ele se sente ameaçado, e por isso solta uma substância cáustica, ao entrar em contato com a pele. A recomendação é não matá-lo imediatamente de forma brusca, mas retirá-lo de uma maneira mais calma. A indicação para as pessoas que sejam surpreendidas com o ataque do potó é lavar o local com água corrente e sabão e procurar um serviço de saúde, caso necessite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE