RADIO WEB JUAZEIRO : Daniel Alves é acusado de usar ex-sócio para alavancar irmão como cantor

#2ECCFA - #87CEFA

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Daniel Alves é acusado de usar ex-sócio para alavancar irmão como cantor

Sérgio Quintella 
© Instagram/Reprodução 
Daniel Alves, jogador do São Paulo.

O jogador Daniel Alves é acusado por um ex-sócio, o produtor musical Giuliano Matheus, de usá-lo para alavancar a carreira do irmão, o cantor de forró Ney Alves.

Matheus diz ter sido afastado da empresa Forevermusic, e agora cobra a multa contratual, de 15 milhões de reais. “O intuito do sócio Daniel Alves foi o de aproveitar-se do conhecimento do autor para transformar seu desconhecido irmão em um músico reconhecido”, diz a defesa do acusador. Na contestação, o jogador do São Paulo diz que a história não é bem assim, pois afirma ter gasto 8 milhões de reais com a empresa, mas o dinheiro era desviado para outros fins, como gastos pessoais de Matheus. Enquanto os ex-sócios discutem, a empresa é acionada na Justiça por emissão de dois cheques sem fundo, que totalizam 34 000 reais. Procuradas, as duas partes não responderam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE