RADIO WEB JUAZEIRO : O Que Charles Leão Tem Contra Os Juazeirenses E Os Policiais Militares?
segunda-feira, 28 de setembro de 2020

O Que Charles Leão Tem Contra Os Juazeirenses E Os Policiais Militares?



Quando chegou a Juazeiro para assumir o cargo de delegado Regional, Charles Leão foi muito bem recebido por todos os juazeirenses, como fazemos com todos que aqui chegam.

Mas, ninguém sabe decerto o que aconteceu, não demorou muito para o delegado desentender-se com comando da polícia militar (a época 3º BPM) e com alguns oficiais. O fato gerou um clima entre as duas forças de segurança. O ápice de guerra do delegado contra os policiais militares foram as prisões irregulares de alguns policiais militares e uma agressão física contra um major durante o carnaval de 2009.

No mesmo período o delegado teve problemas com o sargento da reserva, Diogo Alves, por pouco não houve uma tragédia na porta da rádio Cidade. O delegado estava concedendo uma entrevista, e o sargento sentindo-se perseguido e injustiçado pelo delegado, foi ao encontro do mesmo para tirar satisfação. O sargento ainda distribuiu com alguns amigos, uma camiseta com seguinte frase: “leoa no cio faz merda”.

No dia 15 de setembro próximo passado, o delegado divulgou na imprensa que processaria “o sargento do corpo de bombeiros”, civil e criminalmente. O que fez o “sargento”? Nada, apenas omitiu opinião pessoal embasada em fatos políticos e de conhecimento público divulgado na imprensa em todo estado.

Contra os juazeirenses, principalmente os mais pobres, o delegado se mostrou mais determinado. Foram várias operações no camelódromo e contra os ambulantes, recolhendo material que estava sendo comercializado, o que gerou manifestação interrompendo o tráfego e queimando pneus na área do camelódromo. “Cerca de 50 pessoas protestaram contra abordagem da Polícia Civil no dia anterior, quando foram apreendidos cerca de 100 mil CDs e DVDs piratas, com o fechamento de box de comercialização dentro do camelódromo”.

O delegado que não é natural de Juazeiro, é candidato a vice-prefeito na chapa do prefeito Paulo Bomfim (PT). Para quem chega em terra estranha, é sempre de bom alvitre respeitar os nativos e a população em geral. Pelo visto, o delegado não será uma boa opção política para Juazeiro.


Enio Silva da Costa – Subtenente BM. 22 de anos de serviço público, sem nenhuma mácula profissional que desabone a sua conduta ética e moral.



O blog reserva aos citados na matéria o direito de resposta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE