RADIO WEB JUAZEIRO : De coveiro a agricultor: confira algumas das profissões de candidatos às eleições municipais da Bahia

#2ECCFA - #87CEFA

 


sexta-feira, 9 de outubro de 2020

De coveiro a agricultor: confira algumas das profissões de candidatos às eleições municipais da Bahia

 Por: Agência Brasil Por: Yasmin Garrido 

Entre os candidatos às eleições municipais na Bahia que especificaram as profissões junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quase 10% são agricultores, o que corresponde a 3.856 pedidos de registro.

De acordo com a legislação, pode se candidatar a cargo político eletivo qualquer brasileiro nato ou naturalizado, que esteja em pleno exercício dos direitos políticos, alistado na Justiça Eleitoral, que tenha domicílio no país e esteja filiado a um partido.

Para os cargos municipais, além de saber ler e escrever, o candidato precisa cumprir os requisitos de idade mínima verificada no dia da posse: dezoito anos para vereador; e vinte e um anos para prefeito e vice-prefeito.

Diversidade
Artista de circo, tapeceiro, gravador de pedras, coveiro e até detetive particular. Todos eles tentam um cargo político nas eleições municipais de novembro, de acordo com dados coletados pelo BNews, nesta sexta-feira (9), no sistema do TSE.

São quatro candidatura de coveiros, todas para o cargo de vereador, em Valença, Nova Soure, Serrinha e Caculé. Os artista de circo são três e também disputam uma vaga no legislativo municipal de Taperoá, Feira de Santana e Santa Cruz da Vitória.

E a lista não para por aí. Na Bahia, protéticos, astrônomos, serralheiro e frentistas apresentaram registro de candidatura para cargos municipais. Além deles, 224 policiais militares e 69 civis se candidataram e podem, caso a Justiça Eleitoral aceite os pedidos, terem os nomes nas urnas eletrônica.

Por outro lado, entre as profissões mais comuns registrada perante o TSE, além de agricultor, estão servidores públicos municipais, comerciante, vereador (que se candidataram ou à reeleição ou a cargos do executivo), empresários, donas de casa, professores de ensino fundamental, aposentados (exceto servidor público), trabalhador rural e estudante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE