RADIO WEB JUAZEIRO : #Verificamos: Atropelamento em massa durante evento de campanha no interior do PR não teve motivação política
quarta-feira, 11 de novembro de 2020

#Verificamos: Atropelamento em massa durante evento de campanha no interior do PR não teve motivação política

por SAMUEL COSTA

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra atropelamento em massa ocorrido em Centenário do Sul, norte do Paraná. O homem que grava o vídeo chama atenção para a motivação política do ocorrido, já que o acidente ocorreu durante a uma caminhada em prol de um candidato à prefeitura da cidade, e para o número de mortos do suposto atentado. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Um cara da oposição atropelou todo mundo e matou um monte de gente aqui em Centenário do Sul”

Frase em vídeo no Facebook que, até às 19h50 de 10 de novembro de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 13mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O acidente ocorreu no último sábado (7) em Centenário do Sul, no interior do Paraná, durante uma caminhada da campanha do candidato a prefeito Júnior Tavian (PSD). De acordo com nota enviada pela Polícia Civil do Estado do Paraná, o atropelamento foi causado devido a um problema no freio do veículo, que não conseguiu parar quando se deparou com a passeata. A Polícia Civil explicou que o caso não teve motivações políticas. 

Por telefone, a assessoria disse ainda que o motorista foi reconhecido por alguns militantes, que confirmaram que ele não tinha nenhuma filiação política. O homem foi autuado em flagrante e responderá por tentativa de homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar. A Polícia também informou, via WhatsApp, que não teve nenhum registro de óbito. 

A Secretaria Municipal de Saúde de Centenário do Sul publicou nota informando que foram registrados 10 feridos no atropelamento. Destes, quatro continuavam internados nesta segunda-feira (9).

Em nota, publicada em sua página oficial do Facebook, a campanha de Júnior Tavian se solidarizou com as famílias das vítimas e disse que não faria nenhum juízo de valor sobre o ocorrido. “As autoridades competentes estão tomando as providências para investigar o caso, não cabendo a nós neste momento qualquer postura acusatória.”, finalizou. 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

VEJA O VÍDEO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE