RADIO WEB JUAZEIRO : ACM Neto já deu a largada para 2022, enquanto Rui reagrupa aliados
quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

ACM Neto já deu a largada para 2022, enquanto Rui reagrupa aliados


colunalevi@gmail.com

Neto vislumbra a expectativa de um racha no triunvirato que governa a Bahia hoje | Foto: Camila Souza | Gov-BA e Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE

O DEM de ACM Neto elegeu em 2016 mais prefeitos do que agora, 38 contra 37, um a menos hoje. Mas há uma ressalva: a grande maioria dos eleitos pela sigla na safra bandeou para outras. Agora, com as vitórias em Salvador, Feira e Conquista e Neto dizendo-se gabaritado, há a expectativa de que ele segure a turma, para chegar em 2022 competitivo.

Neto vislumbra a expectativa de um racha no triunvirato que governa a Bahia hoje: o PT, com Rui Costa e Jaques Wagner à frente, o PSD de Otto Alencar e o PP de João Leão. É justamente isso que Rui e Wagner querem evitar.

Implicações — Óbvio que em 2022 a disputa estadual também inclui o painel federal, ou a briga pela presidência da República, que sempre exerce forte influência local. Mas Neto, já com um pé fora do mandato, sente-se tão à vontade que se lança com dois anos de antecedência e já tem até Zé Ronaldo, o líder de Feira, também auto-lançado para uma vaga na chapa majoritária.

Já na banda governista a configuração de uma chapa com os mesmos atores é mais complicada. Rui Costa é governador reeleito, não pode disputar o mesmo cargo, João Leão também é vice reeleito e não pode ocupar o mesmo lugar e Otto Alencar termina o mandato de senador.

Jaques Wagner, o piloto dessa engenharia política, já disse que é ‘um nome posto’. E quer que Rui fique no mandato até o fim. 2020 termina assim, oposicionistas sorridentes e governistas encucados.

Derrotas em dose dupla

Aliados de ACM Neto lembram que não foi só a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) que perdeu em dose dupla ao apoiar Zé Neto (PT) na disputa em Feira.

Citam que o ex-deputado Targino Machado, que era do DEM quando foi cassado, em outubro, também apoiou Zé Neto e se deu mal. O outro cassado, Marcell Moraes (PSDB), chegou a botar as ‘marceletes’ nas ruas de Conquista em apoio a Zé Raimundo (PT) e também perdeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE