RADIO WEB JUAZEIRO : Sem salários, funcionários do Hospital Regional de Juazeiro vão realizar manifestação nesta quarta-feira (16)
quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Sem salários, funcionários do Hospital Regional de Juazeiro vão realizar manifestação nesta quarta-feira (16)



A Rede GN publicou nota da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), na tarde desta terça-feira (15) informando que por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), busca medidas administrativas para efetuar o pagamento diretamente aos funcionários que atuaram nos meses de outubro e novembro deste ano, no hospital da Chapada, em Seabra, e no Regional de Juazeiro, localizado na região norte da Bahia (Veja aqui).

Ambos eram geridos pela Associação de Proteção à Maternidade e Infância de Castro Alves (APMICA), que em virtude da má qualidade no serviço prestado, a Justiça solicitou o afastamento da entidade, bem como bloqueou a conta e os eventuais créditos junto ao Estado, o que impossibilitou o pagamento dos salários. Já foi realizado o levantamento de todos os funcionários e entregue a documentação à Justiça, que fará a análise.

Argumentando que esta promessa é antiga por parte da Secretaria de Saúde da Bahia os funcionários do Hospital Regional de Juazeiro decidiram realizar uma manifestação nesta quarta-feira (16), às 09 horas, em frente a unidade hospitalar.

“Nós, em decorrência de tanta mentira, enganação e atraso salarial da Sesab para conosco decidimos nos unir e nos manifestarmos amanhã de forma pacífica em frente ao hospital regional. Queríamos saber se poderíamos contar com o seu apoio nos dando cobertura lá amanhã, a manifestação vai ser as 09h da manhã” argumentaram os profissionais na nota enviada a Rede GN.

“Essa conversa deles é antiga, a gente já vem sofrendo desde outubro, o último salário que a gente recebeu foi o de setembro. O prazo dado por eles era até dia 13, dia 13 foi domingo, hoje já é 15, até hoje nada. Iremos nos manifestar porque eles entram em recesso sexta, queremos que eles nos paguem antes do recesso de final de ano... Os médicos também vão parar as atividades” concluíram os organizadores do manifesto nesta quarta.

redeGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE