RADIO WEB JUAZEIRO : Enfermeira da prefeitura foi exonerada por DESVIAR vacina contra Covid-19
terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Enfermeira da prefeitura foi exonerada por DESVIAR vacina contra Covid-19


Na tarde da ultima sexta feira um dia antes do casamento do prefeito, ele foi surpreendido por um telefonema da secretária de saúde Rosania Rabelo o qual lhe informou da situação após ter comprovado o desvio. 

A secretária ainda ficou com um pé atrás por conta da data do enlace matrimonial, mas por ser um caso gravíssimo contou logo tudo que ocorreu. 

O prefeito de pronto ordenou a exoneração, e ainda disse que isso serviria de exemplo para quem tentasse o mesmo expediente. 



Apesar de alguns sites já terem publicado a exoneração, resolvi de pronto ligar para o Doutor Joaquim que apesar de estar em lua de mel me confirmou o caso, me disse que no seu governo não será admitido nenhum “passo falso”, e que quem tiver interesse em ilicitudes é melhor pedir para sair. 

Ele falou sobre sua mãe que tem 91 anos a qual ainda não foi vacina e aguardará a hora certa, disse também que ele por ser médico teria direito, mas não acha justo, que a vacina chegará para todos e no momento adequado, conforme os programas estabelecidos pelo ministério da saúde. 

Aproveitei para perguntar sobre quantas vacinas e quais pessoas teriam recebido a dose, e ele disse que nem queria saber, que o importante era a moralização do governo e a exoneração que de imediato foi batida

Enfermeira contesta a notícia 

Há poucos instantes no fechamento desta nota, fui informado que a enfermeira levou as vacinas para serem aplicadas em dois médicos que estão acima dos 60 anos, e que um deles inclusive já passou por um câncer, e que tudo ficará esclarecido. 

Tratando-se de um otorrino e o outro infectologista, que eles não são funcionários da prefeitura, mas exercem suas atividades na linha de frente em hospitais, clinicas, Hemoba etc. Que ambos também são hipertensos. 

Que ela rebate com veemência as informações que estão sendo compartilhadas em outros veículos de comunicação. 


Marcus Aragão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE