RADIO WEB JUAZEIRO : Itamaraty confirma importação de doses da vacina de Oxford produzidas na Índia
quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Itamaraty confirma importação de doses da vacina de Oxford produzidas na Índia

As doses começam a chegar ao Brasil ainda este mês

A importação pelo Brasil de 2 milhões de doses da chamada vacina de Oxford produzidas na Índia está confirmada. Foi o que informou o Ministério das Relações Exteriores nesta terça-feira, 5.

As doses começam a chegar ao Brasil ainda este mês. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação por parte da Fiocruz, porém não há ainda a autorização para imunizar a população.

Depois que o instituto indiano Serum, á frente da produção das 2 milhões de doses, dizer, na última segunda, 4, que o governo da Índia havia proibido as exportações da vacina, o Itamaraty iniciou negociações.

Em outro comunicado, o Serum teria voltado atrás e dito que a exportação da vacina vai ser permitida para todos os países. Elcio Franco, secretário-executivo do Ministério da Saúde, se reuniu com o embaixador da Índia, em Brasília, para discutir trâmites da entrega das doses da vacina.

"A Embaixada do Brasil em Nova Delhi, se comunica constantemente com autoridades indianas para reforçar a importância do início da vacinação no Brasil", dizem os ministérios.

Adan Poonawalla, presidente do instituto Serum, que é o responsável por fornecer duas milhões de doses para o Brasil, disse, na última segunda,4, que o governo indiano não iria permitir a exportação da vacina de Oxford produzida no país.

Poonawalla comunicou um dia depois da Fiocruz divulgar contrato com o Serum para compra e fornecimento das doses, com a chegada dos insumos iniciais de produção ainda este mês. A Fiocruz é a produtora brasileira da vacina de Oxford.

O Itamaraty entrou em diálogo com o governo da Índia para garantir a entrega das doses prontas da Serum ao Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE