RADIO WEB JUAZEIRO : Os ex-pré-candidatos, os cargos e a política do novo tempo para Juazeiro
segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Os ex-pré-candidatos, os cargos e a política do novo tempo para Juazeiro

Opinião

Todos os dias o WhatsApp é fonte para notícia da política em Juazeiro. São áudios, memes, e um bocado de coisas em favor e contra o o governo municipal. Mas o que tem também chamado a atenção são as nomeações para os cargos em comissão. três delas são mais destacadas ainda: Wank Medrado, pastor Teobaldo, Carlos Neiva, John Khoury e Kalber Fernandes, todos ex-pré-candidatos à prefeitos em 2020, e abriram mão da candidatura para apoiar Suzana Ramos.


Carlos Neiva recebeu o cargo de secretário da Adeap; pastor Teobaldo ganhou a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade; e Wank Medrado foi nomeador assessor especial, com status de secretário, e Kalber Fernandes foi contemplado com um cargo menor, mas de alto valor salarial.

A impressão que dá é que os ex-pré-candidatos a prefeito como Carlos entraram não em uma pre-campanha/campanha eleitoral, mas sim em um processo de licitação de cartas marcadas. Todos os que abriram da candidatura, foram beneficiados.

Nesse sobe e desce, esqueceram do homem que mais gosta de trabalhar em Juazeiro – que acorda todos os dias cedo -, o eterno compositor de João Gilberto, Maurício Dias, o senhor Mauriçola. Outro abandonado, foi a grande estrela do teatro, Devilles. Este último gravou vídeos, colocou a sua imagem nas redes sociais com seu vozeirão se indispondo com muitas pessoas agredindo o Garçom e o Vaqueiro, em contrapartida, não foi reconhecido, jogaram os pés, alguns dizem porque é ‘seguidor de Bandeira doente’, e no governo dos tucanos não existe espaço para esse tipo de pessoa.

Por: Josélia Evangelista Matos


Obs.:  O  blog reserva o direito de resposta a quem foi citado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE