RADIO WEB JUAZEIRO : Professora atropelada pelo jogador Marcinho morre no Rio de Janeiro
quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Professora atropelada pelo jogador Marcinho morre no Rio de Janeiro


Cristina tinha 66 anos | Foto: Vitor Silva | Botafogo | Arquivo Pessoal

A professora Maria Cristina José Soares, de 66 anos, atropelada pelo lateral-direito, Marcinho, ex-Botafogo, no último dia 30, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, morreu na noite desta terça-feira, 5, após cerca de uma semana internada no Hospital Vitória, na capital carioca.

De acordo com a unidade de saúde, a mulher, que testou positivo para Covid-19, realizou duas cirurgias nas pernas e estava no Centro de Terapia Intensiva (CTI), porém acabou piorando, chegando a ser intubada e não resistiu aos ferimentos. O marido de Cristina, o também professor, Alexandre Silva de Lima, morreu no local do crime.

Conforme o delegado Alan Luxardo, responsável pela investigação do caso, após os depoimentos do atleta, e do seu pai, Sérgio Lemos de Oliveira, proprietário do veículo, contradições foram encontradas. Segundo Luxardo, testemunhas do atropelamento indicam que o lateral estava acima da velocidade informada, que foi de 60 km/h.

Além de não prestar socorro, Marcinho ainda teria passado com o carro por cima do corpo de Alexandre, e chegou a arrastar a vítima por alguns metros, antes de fugir do local.

A TARDE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE