RADIO WEB JUAZEIRO : EX-PREFEITO PAULO BOMFIM ENTRA NA MRA DA CPI DO SAAE
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

EX-PREFEITO PAULO BOMFIM ENTRA NA MRA DA CPI DO SAAE



Vereadores Da Situação E Oposição Protagonizam Discursos Inflamados Sobre Débitos, Contratos E Licitações Fraudulentas


Centro de polêmicas e debates, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE de Juazeiro foi mais uma vez tema na tribuna da Câmara de Vereadores de Juazeiro nesta terça-feira, 23. Na sessão ordinária de hoje, o vereador Gleidson Azevedo (PDT) levantou a pauta da falta d’água e a ausência do tratamento em algumas comunidades.

Segundo ele, a responsabilidade pela má qualidade da água para os distritos é um débito de R$ 10 milhões de reais do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE junto à Coelba. “Quero pautar algo preocupante pra Juazeiro e quem construiu o governo passado tem que ter a consciência da irresponsabilidade, dos 12 anos do governo do PT, e me desculpe Mitu (do Sindicato – PCdoB), Dr Salvador (PCdoB), do governo do PCdoB”, citou.

Azevedo revelou que entre os distritos está o de Carnaíba, “está bebendo água sem qualidade, sem tratamento nenhum. Em Juremal foi tirado ano passado, o fornecimento de água da Caraíba pra pegar em cima de um canal da Agrovale, sabe porque foi cedido?, Porque o SAAE esta em débito com a Caraíba, e para não ter uma surpresa (…) e cortar o fornecimento do SAAE, a gestão anterior decidiu pegar água do canal. O SAAE está devendo mais 10 milhões de energia. O povo de Juazeiro precisa saber e essa casa tem a responsabilidade com o povo de Juazeiro”, declarou.

Em uma parte, o vereador Nalvinho (PATRIOTA) sugeriu uma audiência pública para discutir essa problemática da água. Gleidson argumentou que a Casa Legislativa deveria realizar uma CPI para investigar sobre os débitos da autarquia.

O vereador Dionísio Gomes (PDT) concordou e aconselhou a criação de uma comissão para fazer uma auditoria junto ao SAAE para saber onde o dinheiro arrecadado em taxas de água, esgoto e lixo foi investido. “Eu sempre disse que o SAAE é uma válvula de escape, onde funcionava a indústria da seca. Não cabe mais só uma audiência pública, nós precisamos fazer a CPI do SAAE”, disse.

O vereador de oposição, Alex Tanuri (PP) pediu a fala e afirmou que os vereadores de sua base estão dispostos a realizar essa CPI. “Precisa saber do próprio SAAE que diz que tem débito e está fazendo ‘farra’ de cargos e de licitações ilegais, vamos fazer essa CPI porque quem manda no SAAE é o prefeito Joseph Bandeira”, atacou.

O vereador Aníbal (PTC) pediu para responder Tanuri e devolveu “Houve um contrato de R$ 18 milhões pela METRO e um contrato de R$ 36 milhões onde só tinha um licitante”, afirmou fazendo referência aos serviços da gestão passada. E completou, “Eu, vereador Alan (Jones – PTC – legislatura anterior), Bené (Marques – PSDB) e Domingão (Aliança – PRTB – legislatura anterior) entramos na justiça pra provar que a gestão passada faziam licitações fraudulentas e nós vamos colocar muita gente na cadeia”, prometeu.

Iana Lima Jornalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE