RADIO WEB JUAZEIRO : Não há base científica sobre uso de Ivermectina contra Covid-19, diz fabricante do vermicida
sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Não há base científica sobre uso de Ivermectina contra Covid-19, diz fabricante do vermicida

Medicamento faz parte do “kit Covid” recomendado por Bolsonaro para tratamento precoce da doença. Nesta quinta, presidente admitiu ainda que a cloroquina pode ter efeito “placebo”

Por Plinio Teodoro
Jair Bolsonaro levanta leite condensado dado por apoiadores em Cascavel, no Paraná (Foto: Alan Santos/PR)

O laboratório farmacêutico Merk divulgou nota nesta quinta-feira (4) em que confirma que não há evidência científica que comprove a eficácia da Ivermectina no tratamento da Covid-19.

“Os cientistas da empresa continuam a examinar cuidadosamente as descobertas de todos os estudos disponíveis e emergentes de ivermectina para o tratamento de COVID-19 para evidências de eficácia e segurança. É importante observar que, até o momento, nossa análise identificou: Nenhuma base científica para um efeito terapêutico potencial contra COVID-19 de estudos pré-clínicos; Nenhuma evidência significativa para atividade clínica ou eficácia clínica em pacientes com doença COVID-19”, afirma a nota.

A decisão contraria as recomendações de Jair Bolsonaro, que prega o uso do vermicida como tratamento precoce da Covid-19. O medicamento faz parte do coquetel recomendado pelo presidente, que em live na noite desta quinta admitiu ainda que a cloroquina, que faz parte do “kit Covid” pode, de fato, ser um placebo no tratamento da doença.

No comunicado, a Merck alertou ainda para a “preocupante falta de dados de segurança na maioria dos estudos”.


“Não acreditamos que os dados disponíveis suportem a segurança e eficácia da ivermectina além das doses e populações indicadas nas informações de prescrição aprovadas pela agência reguladora”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE