RADIO WEB JUAZEIRO : Polícia confirma sangue e esperma em roupas de MC que acusa cantor do Molejo de estupro
quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Polícia confirma sangue e esperma em roupas de MC que acusa cantor do Molejo de estupro

Cantor do grupo Molejo afirmou que, após essas acusações, vai processar e pedir uma indenização a Maylon. | Foto: Reprodução | Redes Sociais

A polícia civil do Rio de Janeiro confirmou nesta terça-feira, 9, que foram encontrados vestígios de sangue e esperma nas roupas de Maycon Douglas Pinto do Nascimento Adão, de 21 anos, conhecido como MC Maylon. O cantor e dançarino acusa o vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, de 48 anos, de estupro

"De acordo com a 33ª DP (Realengo), funcionários do motel e outras testemunhas prestarão depoimento ainda durante esta semana. A delegacia informou ainda, que o laudo na peça de roupa da vítima ficou pronto e comprovou resíduos de sangue e de esperma", afirmou a nota. No entanto, não foi informado se o material colhido é compatível com o DNA de Anderson, que negou a acusação de estupro e afirmou que fez sexo consensual com Maylon.

O dançarino disse em depoimento ao delegado Reginaldo Guilherme, titular da 33ª DP, que o crime teria ocorrido em 11 de dezembro de 2020, após o cantor levá-lo para uma reunião e entrar em um motel na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O boletim de ocorrência foi revelado na quarta-feira, 3, pelo colunista do programa A Tarde É Sua (RedeTV!) Alessandro Lo-Bianco.

O cantor do grupo Molejo afirmou que, após essas acusações, vai processar e pedir uma indenização a Maylon. Segundo seu advogado, Ivo Peralta, o músico já teria perdido inúmeras oportunidades de shows e eventos por causa da acusação de estupro.

Na sexta, 5, o pagodeiro participou de uma live com o jornalista Betoh Cascardo e disse: "Comi? Comi. Estuprei? Não. Comi, com consenso. O veado estava colocando cada roupa colorida, aquele 'bagão' na frente, grande para c******, e com o maior bundão. Eu falei: 'Compadre, vou botar no c* dele logo para acabar com essa p****. Botei no c* dele. Pensei que estava até apaixonado pelo c* dele. Mas depois que comi o c* dele, com consentimento, normal', contou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE