RADIO WEB JUAZEIRO : Fumaça de cigarro pode agravar problemas de pacientes de Covid-19
quinta-feira, 4 de março de 2021

Fumaça de cigarro pode agravar problemas de pacientes de Covid-19

MSN


Pesquisadores da Universidade Ben-Gurion descobriram pela primeira vez que a toxicidade da fumaça do cigarro afeta o biofilme protetor dos pulmões, principalmente quando o paciente apresenta problemas respiratórios causados pelo Covid-19.

Embora muitos danos à saúde sejam associados ao fumo, pouco se fala sobre o potencial geral de toxicidade da fumaça do cigarro. Os pesquisadores desenvolveram o painel bacteriano: um sistema de teste de fumaças que usa bactérias bioluminescentes geneticamente modificadas para medir a complexidade da mistura molecular da fumaça de cigarros com e sem filtro.

Publicados na revista científica Talanta, os resultados do estudo indicam que a fumaça do cigarro afeta a comunicação entre as bactérias. Esse processo pode causar um efeito negativo para o organismo ao formar biofilme — estruturas que protegem as bactérias e as fazem criar maior tolerância a antibióticos — nos pulmões. Em outras palavras, a toxicidade do cigarro auxilia a formação de bactérias em biofilmes e as torna mais resistentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE