RADIO WEB JUAZEIRO : "O Brasil não precisa de gasolina", afirma professor sobre biocombustíveis
segunda-feira, 15 de março de 2021

"O Brasil não precisa de gasolina", afirma professor sobre biocombustíveis

A TARDE
O engenheiro agrônomo e professor titular da Unicamp, Gonçalo Pereira, é um dos convidados do seminário que vai discutir a política verde dos combustíveis | Foto: Divulgação


Discutir a política verde dos combustíveis e o futuro do setor são algumas das propostas do seminário online que vai reunir, nesta terça-feira, 16, cientistas da Universidade de Campinas (Unicamp). O encontro, marcado pra às 16h30, na plataforma Microsoft Teams, é realizado em parceria com o Grupo A TARDE e promovido pelo Sindicato das Distribuidoras de Combustíveis e Federação do Comércio, apoiado pela Federação das Indústrias, SENAI/CIMATEC, Federação Nacional dos Postos de Combustíveis, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia e Clube de Engenharia da Bahia.

Um dos convidados é o engenheiro agrônomo e professor titular da Unicampo, Gonçalo Pereira. Em entrevista ao programa Isso é Bahia, na rádio A TARDE FM, na manhã desta segunda-feira, 15, ele criticou as políticas públicas (ou a falta delas) no que se refere aos biocombustíveis.

“Tudo o que a gente está vivendo é consequência de políticas públicas desastrosas ou da falta de políticas públicas nacionais. Você é podutor do petróleo, exporta petróleo bruto e importa combustível refinado. Isso não tem sentido algum”, afirmou.

De acordo com o professor, um estudo recente apontou que, nos últimos cinco anos, em números aproximados, o Brasil deve ter queimado aproximadamente US$ 50 bilhões em importação de combustíveis. “O Brasil não precisa de gasolina. Com o nosso etanol nós conseguimos substituir toda a gasolina, gerando emprego, melhorando o meio ambiente de forma extraordinária e gerando riquezas para o país. A gente tá abrindo mão dessa coisa que é nossa, própria, em benefício de uma politica que não sentindo”, pontuou.

Abertura

O evento aberto pelo diretor geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Contra-Almirante Rodolfo de Saboia. Entre os convidados para o debate, estão, além do professor Gonçalo Pereira, Thaynara Espíndola (Engenheira de Energia, Doutoranda em bioenergia) e Ricardo Abreu (Engenheiro mecânico especializado em motores de combustão interna, Doutorando em Bioenergia). Todos são cientistas da Universidade de Campinas com especialização em avançados centros tecnológicos inovadores para descarbonização da atmosfera referentes aos combustíveis no mundo.

O presidente do Sindicato das Distribuidoras de Combustíveis, Luiz Gonzaga do Amaral Andrade, e o presidente da Federação do Comércio, Carlos de Souza Andrade, também participarão da abertura do evento, que será encerrado pelo presidente da Federação das Indústrias/SENAI/CIMATEC, Ricardo Alban.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE