RADIO WEB JUAZEIRO : Prefeitura de Juazeiro amplia para 42 o número de leitos no Hospital de Campanha
terça-feira, 16 de março de 2021

Prefeitura de Juazeiro amplia para 42 o número de leitos no Hospital de Campanha


A Prefeitura de Juazeiro finalizou a readequação da área de suporte ventilatório do Hospital de Campanha do município. Antes chamado de Sala Vermelha, o local está com 13 pacientes de Covid-19 internados nesta segunda-feira (15). Com isso, após o pedido feito ao Governo do Estado, o número de leitos passou de 30 para 42 no hospital.

A área de suporte ventilatório tem 12 leitos equipados com aparelhos mais importantes para o atendimento a pacientes graves. A Secretaria de Saúde da Bahia cedeu 6 ventiladores mecânicos, remanejados dos municípios de Sento-Sé e Campo Alegre de Lourdes, e o Hospital SOTE de Juazeiro cedeu dois equipamentos. O reforço é uma medida para aumentar o número de leitos para pacientes mais graves que ainda não precisam de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


Além dos leitos com suporte ventilatório, o Hospital de Campanha está com 20 leitos para pacientes que precisam de tratamento, mas com estado de saúde estável.

Nova ala

Para os pacientes suspeitos de Covid-19, uma nova ala foi construída dentro do hospital, para evitar a chamada ‘contaminação cruzada’, onde 10 leitos serão colocados para esse público.

O secretário de saúde de Juazeiro, Fernando Costa, visitou o Hospital de Campanha nesta segunda-feira para ver de perto o funcionamento. “O trabalho foi intenso, mas conseguimos adequar o hospital às novas necessidades provocadas pela pandemia. É um ganho para a população e nós estamos nos movimentando para atender a população da melhor forma possível”, ressaltou o secretário.

As providências melhoram o atendimento, mas o secretário de Saúde ressalta a importância da prevenção. “Concentramos o atendimento de covid no Hospital de Campanha e vamos ficar em alerta porque a situação não é boa, visto que a pressão na rede de saúde é muito grande. Também estamos estudando a possibilidade de expandir mais leitos, caso a população necessite”, concluiu Fernando Costa.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE