RADIO WEB JUAZEIRO : RECADASTRAMENTO para RECEBER NOVA RODADA de PAGAMENTOS do Auxílio de R$ 250,00 em MARÇO: Veja como SERÁ!
terça-feira, 2 de março de 2021

RECADASTRAMENTO para RECEBER NOVA RODADA de PAGAMENTOS do Auxílio de R$ 250,00 em MARÇO: Veja como SERÁ!



NOVA RODADA de PAGAMENTOS do Auxílio Emergencial de R$ 250,00 está CONFIRMADA: Veja se VOCÊ precisa fazer o RECADASTRAMENTO para receber em MARÇO!


Agora que a nova rodada do Auxílio Emergencial foi confirmada pelo governo, muitos beneficiários e interessados no programa ficaram em dúvida se terão que fazer um recadastramento para ter acesso aos pagamentos.

Já se sabe que o governo pretende atingir um público menor com as novas parcelas do Auxílio Emergencial, e por causa disso muitos cidadãos estão com medo de ficar de fora. Explicamos abaixo tudo que você precisa saber sobre a nova versão do benefício!

Pente fino no Auxílio Emergencial?

Foi divulgado na última semana que o governo vai passar um verdadeiro pente fino para filtrar os beneficiários que terão direito ao Auxílio Emergencial. A análise será feita com o cruzamento de dados de mais de 11 bases do governo.

Inicialmente, o benefício deve ser voltado para os integrantes mais pobres da população, sofrendo até mesmo com a fome em plena pandemia. Após a verificação desse grupo, serão utilizados critérios parecidos com os do ano passado.

Beneficiários do Bolsa Família devem continuar a receber o Auxílio, mas a situação das mães chefes de família ainda não foi recebida. Na primeira versão do benefício, as mães solteiras recebiam o dobro do pagamento.


Quem vai ficar de fora do Auxílio Emergencial?

Alguns grupos de cidadãos brasileiros já estão automaticamente fora do auxílio emergencial. O grupo deve aumentar na segunda versão do benefício, confirmada pelo governo na última semana. São eles:
Aposentados;
Pensionistas;
Servidores públicos;
Quem está recebendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC);
Quem está recebendo o Seguro-Desemprego;
Quem tem vínculo empregatício ativo.
As bases de dados para Recadastramento do Auxílio

Na primeira versão do Auxílio Emergencial, paga para os brasileiros em 2020, o Ministério da Cidadania cruzou dados de mais de 20 bases governamentais para decidir a quem conceder o benefício. Veja abaixo:
Seguro Desemprego
Benefícios Previdenciários e LOAS
RAIS
SIAPE
Óbito do SIRC
Óbito do SISOB
DEPEN/MJ
DEPEN/MJ
Base de Presidiários de SP (Regime Fechado)
Base de Defesa – Militares
Base de Brasileiros no Exterior – Ministério da Justiça
Base dos Politicamente Expostos –
GPS
Intermitentes
Microempreendedor Individual – MEI da Receita Federal do Brasil
IRPF 2018 da Receita Federal do Brasil (referência 2018)
Base de CPF
GFIP
eSocial
Cadastro Único
Folha de Beneficiários do Bolsa Família

Já na nova etapa de pagamentos, o governo vai cruzar informações de 11 bases de dados, como o CPF, INSS, CNIS, MEI e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged.
Recadastramento do Novo Auxílio

Mas afinal de contas, quem quer receber o Novo Auxílio Emergencial precisa fazer recadastramento? A resposta é NÃO! Até o momento, o governo não pediu nenhum tipo de preenchimento de cadastro ou informações para a concessão do benefício.

Se você recebeu o Auxílio Emergencial em 2020, terá a nova versão do benefício analisada. Se ficar de fora, pode contestar judicialmente a decisão do Ministério.

No momento, vários sites divulgam o suposto recadastramento do Auxílio Emergencial. Não confie! Bandidos estão usando o interesse da população pelo benefício para aplicar golpes.

Fique de olho no site para receber mais novidades sobre o Auxílio Emergencial!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE