RADIO WEB JUAZEIRO : Minha triste Juazeiro da Bahia.
quarta-feira, 26 de maio de 2021

Minha triste Juazeiro da Bahia.


Fico sempre pensativa como as coisas acontecem na nossa cidade. Política traiçoeira. Não pensam na população. Nas campanhas eleitorais os políticos são todos pelo povo. Passando as eleições, começam a politicagem. Empregos para os meus familiares e amigos especiais. E na fala só criticam os defeitos dos políticos que passaram e não tem sabedoria de fazer diferente e melhor.

Atualmente tudo que falaram nas campanhas eleitorais, não está acontecendo. Exemplo: A educação era o forte em Juazeiro, estava dando certo, mas essas mudanças estão dificultando os acessos na plataforma, agora está sendo muito mais complicado. Porque não aproveitar o que estava dando certo. Estão só preocupados em pintar as fachadas das escolas.

A saúde se era ruim, agora está pior. Vacina atrasada para os abaixo de 60 anos, com exceção para os que tem comodidades, medicamentos nas farmácias da família em falta. Ruas não tem mais tapa-buracos que aumentaram depois das chuvas.

Exemplo: A avenida Edgar Chastinet, Flaviano Guimarães, rua XV de novembro, praça Imaculada Conceição (praça da Igreja), rua Barão do Rio Branco estão horríveis, são coisas simples para fazer.

A Codevasf fez asfaltamento de algumas avenidas. Estão reformando as rotatórias, estão ficando bonitas, precisa ter sempre manutenção, mas já presenciei carro da PMJ em cima da rotatória próximo ao Mercantil e Assaí. Que exemplo (tenho fotos).

A poda das árvores está mais parecido com uma destruição, só estão ficando os caules (pelados) sem nenhuma folha. Exemplo: Bairro Tabuleiro

Sugestão: Existem Caraibeiras na avenida Adolfo Viana (próximo ao Hotel Emanuela, INSS e posto de gasolina Surubim que precisam de algumas proteções, para as raízes e caule (tronco). Qualquer pessoa que passar pela avenida Adolfo Viana vai ver (Fotos da internet).


A coleta do lixo está deixando de passar nos dias certo. Pelo menos onde eu resido está deixando a desejar.

E agora está frequentemente a falta de água em alguns bairros da cidade.

A melhor propaganda é a da população. Quando gosta fala e quando não gosta fala também. Exemplo: A população aplaudiu a diminuição das muriçocas, mas a alegria durou pouco, as muriçocas voltaram com toda força ou fome de sangue parecendo umas sanguessugas.

Não vou falar sobre a pandemia porque até cego ver que não estão cumprindo com os decretos.

Professora Sandra Passos - Psicopedagoga, Gestora Ambiental e Mestra em Ciência da Educação.


Fonte: RedeGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE