RADIO WEB JUAZEIRO : Odontólogo alerta gestantes sobre cuidados com saúde bucal
quarta-feira, 19 de maio de 2021

Odontólogo alerta gestantes sobre cuidados com saúde bucal

Especialista explica como cuidados podem influenciar na formação do bebê e na qualidade de vida

Durante o período de gestação, são muitas as preocupações que as mamães têm para que a gravidez ocorra bem. Ir ao médico toda vez que for necessário ou ao menos uma vez por mês, cuidar da alimentação e ter atenção com as vacinas são algumas das atividades que toda gestante faz. Mas existe um hábito que não é tão comum e que também pode fazer diferença: saúde bucal.

No período de gravidez, as mulheres estão mais propicias a terem problemas bucais por conta da elevação de hormônios. E se engana quem pensa que este cuidado não tem interferência. O odontólogo e coordenador do curso de Odontologia da Faculdade UNINASSAU Petrolina, Artur Paiva Neto, explica que as grávidas precisam ter cuidados redobrados. “Tudo começa ainda na barriga da mãe. Se a gestante não faz a escovação correta, se tem uma dieta rica em açúcar, não visita periodicamente o dentista, ela vai ter ali um ambiente favorável para o desenvolvimento de algumas doenças, que são as que mais acometem as pessoas como a cárie e a doença periodontal como a gengivite e periodontite”, explica Artur.

A saúde bucal está ligada tanto na qualidade da saúde da mamãe como também na formação do feto. Por isso, o professor faz um alerta para algo ainda mais grave. “A gengivite tem alguns mediadores que vão influenciar no processo de formação daquele bebezinho. Existem bebês nascidos prematuros por consequência das alterações bucais em mães que não fazem acompanhamento por um profissional durante a gestação. Portanto, é importante ter esse cuidado”, adverte o professor.

Para evitar possíveis problemas e ter uma saúde bucal de qualidade, de acordo com o especialista, o primeiro passo é a informação. “A pessoa precisa ter o conhecimento para manter a saúde bucal. É preciso saber por que está fazendo higiene bucal, se está fazendo de forma correta, etc. Acredito que o primeiro passo é o educativo. E a sugestão é que procure o dentista para dar as informações devidas de como realizar o processo”, recomendou.

Já sobre a grande dúvida em relação a que tipo de material de higiene deve ser usado, Artur explica que é necessário estar atento às características dos indivíduos. “Cada um tem uma arcada dentária diferente. A gente tem que fazer a escolha de materiais apropriados para cada pessoa. Isso quem vai fazer é o cirurgião-dentista. Gosto de fazer uma analogia com um personal trainer. Na academia, a pessoa tem um personal que cria um treino específico. A higiene bucal tem que seguir essa mesma filosofia, tem que ser um treino, uma prática específica para cada pessoa”, finalizou.


Jose Henrique da Silva Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE