RADIO WEB JUAZEIRO : Prefeitura de Juazeiro e Faculdade Estácio firmam parceria para implantação do Ambulatório Trans

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Prefeitura de Juazeiro e Faculdade Estácio firmam parceria para implantação do Ambulatório Trans



O secretário de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade de Juazeiro (SEDES), Teobaldo Pedro, e a equipe da Superintendência de Políticas Sociais, se reuniram, nesta quinta-feira (13), com o diretor da Faculdade de Medicina Estácio de Sá, Luiz Rodrigues, com o coordenador do curso de medicina da unidade, Álvaro Pacheco, e com a diretora do Centro Regional de Reabilitação, Prevenção e Inclusão Social (Cerpris), Verônica Pesqueira. O objetivo do encontro foi discutir a parceria entre as instituições para implantação do ambulatório Trans.

A iniciativa, que já vem sendo encaminhada pela Prefeitura de Juazeiro, visa à criação de um espaço com equipe multiprofissional e humanizada, para atender os pacientes transexuais. “Desde o início do ano estamos trabalhando no projeto de lei que cria o ambulatório e buscando alternativas para viabilizar essa ação, especialmente para garantir o atendimento de pessoas transexuais, que precisam passar pelo processo de hormonização. Para nós é gratificante perceber que podemos contar com instituições como a Faculdade Estácio nessa luta”, conta a diretora de Diversidade, Eva Suene.

Durante a reunião, o secretário Teobaldo Pedro ressaltou o comprometimento da prefeita Suzana Ramos em cuidar das pessoas de Juazeiro. “Desde o início de sua campanha, a prefeita repete que o seu compromisso é cuidar de todas as pessoas de Juazeiro. E a cada dia nós podemos testemunhar o olhar inclusivo que ela expressa através das ações do seu governo”.

O coordenador do curso de medicina da Estácio, Álvaro Pacheco, também falou sobre a importância da cooperação entre o município e a instituição de ensino. “A parceria é um movimento natural. Para que a formação médica seja realmente eficiente, ela tem que entender a demanda da nossa localidade. Compreendendo as demandas do município, a gente pode construir não só a formação, mas também a assistência para as pessoas de forma geral”.

Com a oficialização da parceria, a Estácio deve ceder um profissional médico especializado em sexualidade para atender os pacientes do ambulatório.


Texto: Eneida Trindade – Assessora de Imprensa da SEDES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE