RADIO WEB JUAZEIRO : CPI vai pedir ajuda da Interpol para localizar Carlos Wizard
segunda-feira, 21 de junho de 2021

CPI vai pedir ajuda da Interpol para localizar Carlos Wizard

Emprresário é investigado pela CPI | Foto: Sforza Holdin I Divulgação

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 solicitará ajuda da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) para localizar o empresário Carlos Wizard, que foge da oitiva na comissão; A informção foi confirmada pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM).

Apontado como integrante de um 'gabinete paralelo' que aconselhava o presidenteJair Bolsonaro (sem partido) em políticas negacionastas relacionadas à pandemia de Covid-19 que matou mais de 500 mil pessoas no país, Wizard era esperado para depor na CPI na última quinta-feira, 17, mas não compareceu. A sessão precisou ser suspensa.

"Ele está em local incerto e não sabido. Vamos pedir ajuda da Interpol para saber onde está e buscar o passaporte dele, como a justiça determinou", disse Omar Aziz.

Antes mesmo de se ausentar da convocação, Wizard pediu para depor de maneira virtual, alegando estar fora do Brasil. O empresário também solicitou acesso a documentos sigilosos. Os pedidos foram negados.

Após a ausência de Wizard, Omar Aziz solicitou à Justiça o comparecimento compulsório e a retenção do passaporte do empresário. Na sexta-feira, 18, a juíza federal Marcia Souza de Oliveira, da 1ª Vara Federal em Campinas (SP), autorizou a Polícia Federal (PF) a realizar a condução coercitiva, mas o empresário não foi encontrado. Dessa forma, a magistrada autorizou a retenção do documento após o retorno ao Brasil.

A defesa do empresário alegou que ele está nos Estados Unidos acompanhando o tratamento de saúde de um parente e que se Wizard deixar o país, não conseguirá voltar por causa das restrições migratórias provocadas pela pandemia de Covid-19.

Também na última sexta, Carlos Wizard que iria depor na condição de testemunha, passou a ser tratado pela CPI como investigado. O nome dele faz parte de uma lista com Eduardo Pazuello, Marcelo Queiroga, Nise Yamaguchi, Arthur Weintraub, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE