RADIO WEB JUAZEIRO : Justiça determina que veterinária apresente comprovante da 3ª dose da vacina que tomou por conta própria

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Justiça determina que veterinária apresente comprovante da 3ª dose da vacina que tomou por conta própria

Por: Reprodução/Instagram Por: Redação Bnews

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que a veterinária Jussara Barreira Sonner, que fez postagem nas redes sociais afirmando ter tomado por conta própria três doses da vacina contra a Covid-19, entregue o comprovante da imunização da terceira dose, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de não apresentação do documento. A decisão é do juiz Rafael Tocantins Maltez, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos.

A veterinária é ré em uma ação civil pública de indenização por danos morais movida pela Prefeitura de Guarulhos, após ela ter revelado nas redes sociais que tomou três doses dos imunizantes contra o coronavírus. Jussara Sonner afirmou que tomou vacina da Janssen, de dose única, após ter sido imunizada com as duas doses da CoronaVac no começo do ano. Na ação, a prefeitura acusa a veterinária de fraudar o sistema de vacinação da cidade.

O magistrado avaliou a atitude da médica veterinária como de “tamanho egoísmo, que diga-se, é o mau da humanidade, e burlou o sistema, valendo-se da precariedade do posto de saúde ao qual se dirigiu, para tomar uma terceira dose”. Rafael Maltez ressaltou em sua decisão que, além de provocar possíveis riscos à saúde da veterinária, pois não se sabe os efeitos do cruzamento das vacinas, “retirou a oportunidade de imunização de outra vida”.

Ele também decretou a indisponibilidade de R$ 50 mil na conta bancária da ré para cobrir eventuais despesas da condenação no processo.

Logo após o comportamento da profissional ter viralizado nas redes sociais, o prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSD), disse ao portal G1 que adotou providências para que situação como aquela não voltasse a ocorrer.

“A gente reforça que todas as nossas equipes de atenção básica foram treinadas para identificar possíveis fraudes, seja na checagem de toda documentação e também na aferição do sistema do VaciVida”, destacou o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE