RADIO WEB JUAZEIRO : Polícias militares se articulam para participação em ato pró-Bolsonaro

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Polícias militares se articulam para participação em ato pró-Bolsonaro

Membros da corporação se reúnem em grupos de aplicativos de mensagens para falar de pautas como a "luta contra o comunismo" e a "retirada dos ministros do Supremo Tribunal Federal"

Policiais Militares de todo o país se articulam em grupos de aplicativos de mensagem instantânea para participar de atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no próximo dia 7 de setembro.

De acordo com o site Poder360, que acompanhou a movimentação em grupos de agentes do Rio de Janeiro e de São Paulo, oficiais e membros da corporação falam em pautas como "luta contra o comunismo" e "retirada dos ministros do Supremo Tribunal Federal".

Em um grupo chamado "Rota Eterna", em alusão ao comando especial da Polícia do estado de São Paulo, os membros combinaram de comparecer à Avenida Paulista ao lado de capitães e sub-tenentes do famoso esquadrão.

No grupo, veteranos da Rota falam no presidente Jair Bolsonaro como um "mártir em uma guerra ideológica". "Participamos de todos movimentos e revoluções do país mas agora a missão é outra, não falo em pegar em armas, mas nos posicionar como Batalhão da vanguarda e no dia 7 de Setembro unirmos forças e mais uma vez, todos nós veteranos mostrarmos nossa força", afirmou um em mensagem.

Na segunda-feira, 22, o governador de São Paulo Joao Doria (PSDB) afastou o coronel Aleksander Lacerda, responsável por 7 batalhões da PM no interior paulista, após o mesmo usar as redes sociais para insuflar PMs a comparecer aos atos, atacar e ofender ministros do STF e falar em "tomada" da liberdade.

Outros casos, como o do coronel da reserva da Polícia Militar de São Paulo Ricardo Nascimento de Mello Araújo, que divulgou um vídeo convocando policiais a participar dos atos, e do coronel reformado do Corpo de Bombeiros do Ceará, Davi Azim, que convocou apoiadores para "adentrar o STF e o Congresso" também foram registrados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE