RADIO WEB JUAZEIRO : Astrônomo amador brasileiro capta colisão em Júpiter; veja o vídeo
sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Astrônomo amador brasileiro capta colisão em Júpiter; veja o vídeo

Bianca Bellucci

O astrônomo amador José Luís Pereira, de São Caetano do Sul, cidade localizada na região metropolitana de São Paulo, registrou em vídeo uma colisão em Júpiter. O evento foi flagrado nesta segunda-feira (13). Ele foi a primeira pessoa a observar esse tipo de acontecimento no Brasil.
© NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Kevin M. Gill Astrônomo amador brasileiro capta colisão em Júpiter; veja o vídeo - NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Kevin M. Gill

A captura da colisão em Júpiter

José Luís observa Júpiter desde 2018, tendo a ajuda de um telescópio simples e um software de detecção de pequenos objetos em vídeo desenvolvido por estudantes da Universidade Harvard. Seus dias preferidos são aqueles em que o planeta gasoso está alinhado a Saturno e Marte. O registro da colisão ocorreu justamente neste contexto.

O astrônomo amador notou uma pequena mancha branca piscar na superfície do planeta por cerca de dois segundos. Ao constatar que não se tratava de qualquer interferência na Terra ou de um satélite aleatório flutuando na órbita do astro, a resposta óbvia era que seria um objeto colidindo com Júpiter.

No dia seguinte, o paulista enviou o vídeo para a Sociedade Astronômica Francesa. A colisão em Júpiter foi, então, confirmada pelo engenheiro aeroespacial Marc Delcroix. O tipo de objeto que atingiu a superfície, no entanto, não foi identificado. Estima-se que seja um asteroide ou um meteorito.
Registro raro

Júpiter é o maior planeta do sistema solar. Seu tamanho, inclusive, atua como uma espécie de bloqueador, impedindo que objetos impactem a Terra. Apesar de ser frequentemente atingido, a captação desses eventos é rara. Tanto que o último registro é de 1994. E mais: a filmagem de José Luís é apenas a oitava.

Abaixo, confira o vídeo feito por José Luís, que capta a colisão em Júpiter:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE