RADIO WEB JUAZEIRO : Julgamento do caso Alice, morta em 2019, leva acusado a quase 20 anos de prisão por feminicídio, nesta terça (5)
quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Julgamento do caso Alice, morta em 2019, leva acusado a quase 20 anos de prisão por feminicídio, nesta terça (5)


Após mais de 7 horas de julgamento, nesta terça-feira (5), Fórum Conselheiro Luiz Viana , o júri condenou o réu Nielton Gonçalves a 19 anos, 5 meses e 1 dia de prisão pelo crime de feminicídio contra a jovem Alice Rodrigues, que à época do crime tinha apenas 19 anos de idade.

No julgamento, presidido pelo Juiz Roberto Paranhos, houve intenso debate entre acusação, a cargo do promotor de Justiça Raimundo Moinhos, e a defesa, com oitiva de testemunhas e uma sentença que considerou o crime como de motivação “torpe e cruel”.

Representações familiares e de amigos, além de representantes de movimentos sociais se fizeram presentes e consideraram satisfatória a decisão final.

A morte de Alice Rodrigues foi perpetrada em 2019 e seu corpo foi encontrado em um terreno baldio próximo Universidade do Estado da Bahia (UNEB), recaindo sobre Neilton Gonçalves, que havia vivido uma relação amorosa com a vítima e não aceitava o fim do relacionamento, conforme revelações da polícia à época.

Autuado em flagrante durante audiência de custódia, Nielton sempre negou a autoria, seus advogados recorreram de decisões locais da justiça e após tramite em instâncias superiores, finalmente o júri foi realizado nesta terça-feira (5) com condenação do acusado a pouco mais de 19 anos de prisão.

redeGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE